Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Veja qual o valor da cesta básica em Porto Alegre

A- A+

Quem mora na capital dos gaúchos, tem um custo de vida que, embora não esteja entre os mais altos do país, pesa no bolso. Mas há outras despesas importantes a conhecer, como o valor da cesta básica em Porto Alegre. De posse dessa informação, quem deseja economizar pode planejar melhor o orçamento.

Valor da cesta básica em Porto Alegre é alto

Capital gaúcha apresentou a maior alta na cesta básica registrada no mês de maio. Foto: iStock, Getty Images

O valor da cesta básica em Porto Alegre

Conforme o levantamento mensal do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o valor da cesta básica em Porto Alegre foi o que apresentou a maior alta entre todas as capitais pesquisas.

Com o aumento de 3,87%, o custo chegou a R$ 443,46. Isso não significa, porém, que seja a mais cara – embora esteja próximo disso. A campeã de preços foi São Paulo, que chegou a R$ 449,70.

De janeiro a maio, a variação foi de 4,49% nos preços dos produtos básicos na capital gaúcha. Das 27 capitais pesquisadas, 17 apresentaram alta nos preços. Grande parte desse aumento se deve a produtos como farinha de mandioca, feijão, leite, manteiga e batata.

Um estudo realizado pela entidade mostrou que, seguindo a média geral de preços da cesta básica, o salário líquido (descontados os encargos sociais) necessário para uma família arcar com as despesas de alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência deveria ser de R$ 3.777,93. Esse valor equivale a R$ 4,29 vezes mais que o salário mínimo nacional.

Saída é economizar no supermercado

Para quem se assusta com o valor da cesta básica em Porto Alegre, só há uma saída: economizar na hora de fazer compras. Confira em algumas dicas o que pode ser feito para reduzir despesas:

  • A primeira medida é revisar sua despensa e sua geladeira, identificando o que já tem, para evitar compras desnecessárias. Em seguida, elabore a sua lista de compras para ir ao supermercado.
  • Aproveite para verificar a validade dos produtos na sua casa. Essa é a uma atitude preventiva para evitar desperdício de alimentos – o que significa também perder dinheiro.
  • Manter a geladeira organizada é outra etapa fundamental para evitar que os alimentos estraguem ou que acabe comprando o que já tem. Para gerenciar melhor os itens no refrigerador, opte por guardar tudo em potes transparentes, o que facilita a visualização.
  • Quando chegar a hora de comprar, nada melhor do que fazer uma boa pesquisa de preços. Você pode aproveitar marcas diferentes daquelas que costuma consumir, pois pode se surpreender ao encontrar bons produtos por preços bem mais em conta.
  • Caso tenha família grande, uma alternativa é comprar em atacado. Já se a família for pequena, vale convidar familiares, vizinhos e amigos para ir junto e dividir as compras. Afinal, os descontos aparecem quando se compra em grandes quantidades.
  • Para finalizar, que tal investir no reaproveitamento das sobras? Sabe aquele arroz que sobrou na panela? Você pode transformá-lo em deliciosos bolinhos para a próxima refeição. Quando se adquire esse tipo de hábito e o incorpora à rotina, o bolso sente a economia.

Você vai se interessar por:

Economize sempre

Se o dinheiro é uma preocupação e a economia uma necessidade, você pode realizar transações bancárias sem pagar taxas por isso, com toda comodidade. Com o Vivo Zuum, uma conta pré-paga gerenciada pelo celular, você pode fazer pagamentos, transferências e até mesmo recarga de celular. Tudo isso sem mensalidades. Se preferir, você pode adquirir o cartão Vivo Zuum para fazer compras no débito e saques.

> Vivo Zuum: Tenha conta corrente com cartão, sem banco, sem complicação

Gostou de conhecer o valor da cesta básica em Porto Alegre? Compartilhe o artigo!

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria
como montar uma drograria