Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Veja quais itens de fábrica priorizar no seu carro

A- A+

O preço é um dos principais fatores para levar em conta ao comprar um carro. Mas nem sempre o valor mais baixo significa o melhor custo-benefício mais tarde. Alguns itens de fábrica, por exemplo, são importantes na hora do uso e nem sempre estão presentes.

Itens de fábrica a considerar

Para decidir quais itens de fábrica são fundamentais, o primeiro passo é saber diferenciar os acessórios de itens opcionais, explica Rafael Constantinou, gerente de Marketing do WebMotors. Enquanto os primeiros são equipamentos que você compra na concessionária ou lojas especializadas – a exemplo de um sistema de som mais potente -, os segundos são escolhidos ainda no momento da avaliação do veículo. É o caso da direção hidráulica ou do ar condicionado.

“O mercado brasileiro passa por uma profunda transformação. Hoje, o consumidor não abre mão de um mínimo de conforto. Por isso, na hora da compra, ele não sai da concessionária com o carro ‘peladão’, como há cerca de cinco anos”, pondera Constantinou.

Na hora de escolher, priorize itens que tragam conforto e segurança. Ar condicionado, direção hidráulica, sistema de freios ABS e Air Bag estão entre os principais. Para os apaixonados por modelos esportivos, o gerente comercial da Maffei Veículos, Marcos Giglio Junior, destaca a importância do tamanho das rodas, a calibragem da suspensão e controles como freio ABS com EBD, que tem a função de distribuir a força de frenagem entre as rodas do veículo.

Priorize os itens de fábrica que permitam mais segurança e conforto na hora de usar o seu veículo. Foto: iStock, Getty Images

Priorize os itens de fábrica que permitam mais segurança e conforto na hora de usar o seu veículo. Foto: iStock, Getty Images

Cuidado na escolha de itens de fábrica

Para Constantinou, a maioria dos opcionais ficaram mais baratos e deixaram de ser artigo de luxo, como acontecia antigamente. Um dos fatores responsáveis pela mudança é a possibilidade de pagar o veículo em um número maior de prestações.

“Uma direção hidráulica que hoje custa em média R$ 1.500, acaba afetando pouco o valor final da parcela de um carro financiado em 60 vezes, por exemplo”, lembra Constantinou. Mas é preciso atenção na hora de escolher, pois essa nem sempre é a realidade.

Com o avanço tecnológico, outros itens podem encarecer, e muito, o preço final que você vai desembolsar. Dependendo do modelo, existem opcionais que podem custar mais de R$ 10.000. É o caso das centrais multimídias, que contam com telas sensíveis ao toque e diversas possibilidades de conexão.Ou seja, o importante é avaliar a necessidade real de cada item de fábrica e optar pelo carro que mais se adequar ao seu perfil e ao orçamento disponível.

Assistência é alternativa para vidraceiro e outros serviços

Escolheu o seu carro? Agora é hora de garantir que os imprevistos não vão pegar você desprevenido. Caso você não tenha uma reserva financeira para emergências, uma boa alternativa é fazer seguro. Desta forma, urgências podem ser resolvidas de forma rápida e com garantia.

Esse tipo de assistência oferece serviços de profissionais especializados e de confiança para consertos e reparos emergenciais ou serviços de manutenção em residência. Problemas hidráulicos e elétricos, vidraceiros e chaveiros estão entre os trabalhos oferecidos pela assistência residencial.

> Vivo Multiassistência: Garanta eletricista, vidraceiro e conserto de eletrodomésticos para casa
vale a pena comprar produtos da apple
economizar no seguro do carro
não consigo pagar financiamento veículo
cadeiras de bebê para automóvel
banco de couro automotivo
carros-pequenos-e-baratos