Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Veja por que aceitar pagamentos com a moeda virtual bitcoin

A- A+

Com a economia compartilhada promovida por inúmeras startups no mundo todo, novos modelos de consumo estão sendo propostos. A partir dessa forte tendência de processos de compra e venda cada vez mais virtuais e eficientes, iniciativas como a moeda virtual bitcoin, criada em 2008, devem ganhar força gradualmente.

Atualmente, não são muitos os estabelecimentos, sejam eles virtuais ou não, que aceitam pagamentos com a moeda.

O bitcoin, criação do misterioso japonês Satoshi Nakamoto (especula-se que esse seja apenas um pseudônimo para um grupo de programadores que desenvolveu a ideia), é um sistema financeiro virtual de código aberto e totalmente independente de autoridades reguladoras como bancos centrais.

Moeda virtual bitcoin

Transações realizadas com bitcoin são feitas sem a cobrança de nenhuma taxa. Foto: iStock, Getty Images

Como funciona a moeda virtual bitcoin

O bitcoin é considerado uma criptomoeda, pois trata-se de um meio de troca de valores protegido por criptografia.

O usuário que deseja obter bitcoins cria uma carteira virtual em algum um programa ou aplicativo. Depois, escolhe um serviço online que faz a mediação entre compradores e vendedores e adquire os bitcoins que deseja.

Para aceitar o pagamento em bitcoins no comércio, também é preciso criar uma carteira virtual, e a quantia recebida pode ser trocada por moedas tradicionais, quaisquer que sejam. A cotação da criptomoeda oscila de acordo com a lei da oferta e procura, livre de intervenções de autoridades financeiras estatais.

Vantagens de aceitar pagamentos em bitcoins

Em um primeiro momento, mesmo empreendedores menos conservadores costumam torcer o nariz para a possibilidade de aceitar pagamentos com a moeda virtual bitcoin. Afinal, sua volatilidade é alta e a aceitação ainda é pequena entre o público. Por funcionar de maneira muito diferente de transações tradicionais, também há muita desconfiança.

Mas há também muitas vantagens em oferecer essa modalidade de pagamento aos clientes. Confira as principais:

1. Para o bolso

Como a moeda virtual bitcoin não é gerida por nenhuma empresa, não há intenção de lucro e, portanto, as transações são feitas sem a cobrança de nenhuma taxa. Mesmo optando por serviços como o PagCoin, que permite ao empresário receber em reais compras feitas com bitcoins em um e-commerce, a taxa é inferior àquela cobrada pelas administradoras de cartões de crédito, por exemplo.

2. Segurança

Ao contrário do que muitos pensam, as transações que envolvem bitcoins são seguras, e o comerciante não tem o risco de não receber o dinheiro. As trocas são irreversíveis e sem o risco de de estornos fraudulentos e outros problemas comuns a outras modalidades de pagamento.

3. Velocidade

Quem recebe pagamentos em boletos e cartão de débito espera dois a três dias para receber o dinheiro. Já o pagamento em bitcoin é recebido em apenas 10 minutos.

4. Liberdade

Você não terá de pagar impostos sobre as transações, e não há nenhum tipo de limite geográfico ou financeiro. E as transações podem ser feitas 24 horas por dia, sete dias por semana, incluindo em feriados.

5. Publicidade

Por fim, sua empresa será uma das únicas – senão a única – do ramo a aceitar pagamentos com bitcoins. Isso pode ser um ótimo gancho para gerar mídia espontânea e atrair novos clientes, já que a cada dia mais pessoas estão se interessando pela moeda virtual bitcoin.

Você vai se interessar por:

Este artigo foi útil para você? Deixe seu comentário e compartilhe!

como abrir uma loja virtual
como pechinchar na internet
compra segura no celular
taxas para compra no exterior pela internet
Ela seguiu dicas de vendas para inciantes
É fácil montar uma loja online no Facebook