Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Veja o que levar em consideração ao usar cheque especial

A- A+

Quando o dinheiro fica curto e parece faltar para quitar todas as contas do mês, você já cogitou usar cheque especial? Esse é um valor a mais disponível na conta, podendo ser utilizado sempre que seu saldo fica no vermelho. Como é um crédito fácil, mas de juros altos, é importante ter cautela.

Mulher sabe usar cheque especial

Conhecer limite e as taxas de juros é essencial para gerenciar bem o recurso. Foto: iStock, Getty Images

Como usar cheque especial com consciência

Para ajudar a gerenciar melhor esse dinheiro, o educador financeiro Emerson Fabris dá algumas dicas. Veja com atenção e monte sua estratégia para usar cheque especial sem comprometer seu orçamento.

Avalie antes

Antes de recorrer ao cheque especial, o ideal é fazer uma avaliação prévia, conferindo a planilha de orçamento. A ideia é descobrir qual motivo o está levando a precisar desse recurso. Depois, defina o que será cortado no próximo mês para restaurar o seu limite bancário.

Se necessário, cancele

Em algumas situações, o cheque especial pode ser útil. Afinal, em um caso de urgência, como numa questão de saúde, esse recurso está disponível a qualquer momento. Mas se o correntista não for disciplinado, pode cancelar a oferta do serviço na sua conta: é só conversar com o gerente do banco.

Dívida pode ser substituída

E se você já usou e abusou do cheque especial e agora está em dificuldade para quitar a dívida? Isso é bastante comum, até porque sempre que o dinheiro entra na sua conta, uma fatia é engolida pelos juros.

Nesses casos, uma alternativa é fazer um empréstimo com juros menores – talvez até no próprio banco – e quitar o débito. Assim, pode pagar o valor devido em prestações fixas e eliminar uma dívida complicada. O empréstimo pessoal e o consignado (com desconto em folha) são opções.

Cheque especial: o que você precisa saber

Você já verificou que, muitas vezes, ao verificar seu saldo, há informações diferentes entre “saldo disponível” e, mais abaixo, algo como “total disponível”? Trata-se de um limite de recursos disponibilizado pelo banco aos seus clientes, também conhecido como cheque especial.

É comum, por exemplo, que você tenha R$ 500,00 em conta, mas um saldo disponível total de R$ 1,5 mil. Para não se perder nas contas, é fundamental monitorar o extrato bancário e entender as informações. Se for necessário, vale pedir ajuda a um funcionário do banco.

É comum que os correntistas façam certa confusão, pois nem sempre há clareza sobre o que efetivamente é o seu dinheiro e o que compreende esse valor extra. Os limites variam muito conforme o banco, a renda mensal do cliente e, muitas vezes, ficam atrelados ao limite do cartão de crédito.

É importante, no entanto, que o cliente saiba que o cheque especial é uma espécie de contrato, como um crédito pré-aprovado. Assim, sempre que esse dinheiro for utilizado, ele será descontado posteriormente de forma automática, com os juros determinados pelo banco.

E, falando neles, vale ficar atento: em fevereiro, a taxa do cheque especial chegou a 293,9% ao ano, conforme o Banco Central. Trata-se do mesmo percentual recorde de quando a série histórica foi iniciada, em julho de 1994.

Você vai se interessar por:

Seu nome protegido

Se você convive com dívidas, precisa conhecer o Vivo Alerta CPF. Entre as suas funções, está o envio de um SMS ao cliente toda vez que ocorrer uma alteração no status do seu nome nas bases de dados da Serasa Experian, toda vez que uma empresa consultar o nome do cliente nessa base de dados e ainda quando o seu nome estiver prestes a ser negativado.

Além disso, o cliente recebe exclusivas dicas antifraude e pode visualizar o relatório completo sobre o seu CPF.

> Vivo Alerta CPF: Receba alertas via SMS sempre que houver consultas a seu CPF

Pronto para usar cheque especial de forma consciente? Compartilhe as dicas!

Dicas para quem pensa em vender bens para pagar dívidas
seudinheiro-Compras-de-supermercado
sair da casa dos pais
vale a pena economizar
vale a pena pegar empréstimo
emprestimo urgente para negativado