Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Veja o que a dieta pode ensinar sobre finanças

A- A+

Uma coisa ninguém pode negar: fazer dieta e administrar o dinheiro são tarefas difíceis. Ambas exigem esforço e disciplina. Embora a primeira geralmente objetive perder ou manter peso, e a segunda sempre vise a ganhar (no sentido de guardar dinheiro), uma tem muito a ensinar à outra.

Dieta ensina a economizar

A própria mudança de hábitos alimentares, quando tem por meta a perda de peso, já representa um grande alívio para o seu bolso. Quando você se obrigada a dar adeus à cervejinha do happy hour, às pizzarias, churrascarias e restaurantes da moda, já passa a gastar menos.

dieta

Perda de peso e economia de dinheiro combinam. Foto: iStock, by Getty Images

Se você é daquelas pessoas que gasta muito em alimentação, é provável que a sua economia seja capaz de pagar os alimentos da sua nova dieta, os serviços de um personal trainer e ainda sobre um pouco, comparativamente ao que você costuma investir nos prazeres gastronômicos.

Mais do que a economia proporcionada pela mudança, o esforço realizado durante a dieta pode ser um excelente ensinamento para engordar sua poupança. Afinal, mesmo com finalidades diferentes, ambas requerem atitudes comuns para garantir resultados.

Lições da dieta para ajudar o seu bolso

Autocontrole

Comportamento fundamental para qualquer tipo de dieta, o autocontrole também é fundamental para que a sua poupança cresça de forma saudável. Especialistas aconselham que, todos os meses, se destine uma parte do salário para a poupança como se fosse uma conta a pagar. Isso significa ajustar gastos supérfluos à sua meta.

Disciplina

Para muitas pessoas, cuidar da saúde é quase um regime militar, pela imposição de horários e alimentos específicos. Isso sem contar a inclusão de exercícios à rotina. No caso das finanças, o auxílio de papel e caneta, ou dos aplicativos de celular (tão utilizados hoje em dia) pode ajudar muito lembrar e registrar o pagamento de contas.

Metas

Assim como toda a dieta tem uma meta, toda a poupança também deve ter. Seja para um fim específico – como uma viagem, um carro novo, ou simplesmente um lastro financeiro para emergências – saber onde quer chegar é o primeiro passo para definir o quanto guardar todos os meses.

Saber dizer não

Um quesito que envolve muito mais a parte psicológica é uma das partes mais difíceis. Assim como a dieta requer a negação de muitos convites, ou mesmo o comparecimento em eventos sem poder compartilhar os prazeres da mesa, a poupança requer o mesmo cuidado.

É preciso saber dizer “não”, muitas vezes, a diversos convites que resultarão em gastos que você não precisar fazer. Nos dias atuais, porém, é difícil dadas as facilidades de compra e o estímulo crescente ao consumo. Dizer “não” é um exercício que não vai aposentar seu cartão de crédito, mas ajudará a usá-lo de modo correto.

Cartões de crédito com benefícios

Além de toda a segurança, a Vivo, em parceria com o Itaú e o Santander, oferece cartões de crédito com uma série de vantagens. Com eles, você pode ganhar mais minutos para falar, mais dados para o acesso à internet, descontos no cinema e muito mais.

> Cartão de Crédito Vivo: Conheça as vantagens

Gostou das dicas para dieta? Compartilhe!

melhores universidades do brasil
quando vale a pena ter cartão de credito
como cancelar pedido feito no cartão de crédito
reembolso no cartão de credito
formas de pagamento para fazer compras pela internet
como entender a fatura do cartão de crédito