Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Veja em quais situações vale a pena investir em debêntures

A- A+

As debêntures são uma das formas mais antigas disponibilizadas no Brasil para realizar a captação de recursos através de títulos de dívida. Trata-se de um modelo de investimento em renda fixa, em que a aplicação é feita em empresas privadas de capital aberto e que não estejam ligadas ao setor financeiro.

O objetivo é que, através desses títulos, a companhia obtenha recursos de médio e longo prazo para financiar as suas atividades ou mesmo quitar dívidas em aberto, sem que seja necessários recorrer aos empréstimos bancários. Ao aplicar em debêntures, é como se você se tornasse credor da empresa.

Características das debêntures

Para aplicar em debêntures, antes é preciso escolher entre as duas modalidades oferecidas: as incentivadas e as tradicionais. Conforme explica Felipe Assunção, agente autônomo da Monte Bravo Investimentos, as primeiras costumam estar ligadas a áreas de infraestrutura e oferecem isenção no Imposto de Renda.

O mesmo não ocorre na segunda modalidade, em que os ganhos são tributados a partir da tabela regressiva das aplicações realizadas em renda fixa. Quem deseja investir em títulos de dívidas de empresas deve ser cliente de uma corretora que negocie este produto.

Quando o assunto os os valores, a variação é grande e depende da companhia. Na maioria dos casos, a aplicação mínima é de R$1 mil, mas elas podem chegar a somas bem mais altas. Principalmente nesse caso, é preciso estar atento à segurança oferecida.

“Como quase todo título de dívida, existem garantias em caso de calote do devedor. Essas garantias geralmente são alienação fiduciária de maquinário, terrenos, galpões, estoques, etc. Também é possível a empresa apresentar garantias fidejussórias, como carta fiança bancária, entre outras”, lembra o diretor comercial do portal EuQueroInvestir.com, Denys Wiese.

Entre as vantagens oferecidas pelas debêntures estão a sua liquidez e rentabilidade – maior do que em aplicações como o Certificado de Depósito Bancário (CDB), por exemplo. Ainda assim, Assunção entende que a melhor alternativa é deixar o dinheiro aplicado por pelo menos um ano.

Antes de investir em debêntures, avalie quais são os seus objetivos e o retorno oferecido. Foto: iStock, Getty Images

Antes de investir em debêntures, avalie quais são os seus objetivos e o retorno oferecido. Foto: iStock, Getty Images

 

Vantagens de investir nas debêntures

Para Wiese, a forma mais prudente de se investir em debêntures é através de um fundo de investimentos. Através dessa alternativa, é possível conseguir uma carteira diversificada de ativos e estar protegido das variações que o mercado pode oferecer.

“Existem fundos de investimentos que compram debêntures e que conseguem repassar a isenção fiscal ao investidor”, indica ainda. Embora esses fundos não sejam tão comuns, é possível encontrar alguns disponíveis no mercado brasileiro.

Cartões de crédito com benefícios

Se você gosta de movimentar o seu dinheiro com praticidade e segurança, é bom conhecer os Cartões de Crédito Vivo. Com os cartões de crédito Vivo Santander e Vivo Itaucard 2.0, você tem diversas vantagens, como alerta SMS, bônus na recarga de celular, pontos no Vivo Valoriza, descontos nos ingressos de cinema e parcelamento em até 12 x sem juros nas Lojas Vivo.
> Cartões de Crédito Vivo: Conheça as vantagens

Gostou das dicas sobre debêntures? Compartilhe!

quando vale a pena comprar título de capitalização
oscilações da Bolsa de Valores
melhores universidades do brasil
quando vale a pena ter cartão de credito
como cancelar pedido feito no cartão de crédito
reembolso no cartão de credito