Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Veja dicas para morar no Japão em uma viagem de intercâmbio

A- A+

Viajar para o exterior, seja para estudar ou trabalhar, e vivenciar outras culturas e costumes é uma oportunidade única, que deve ser preparada com antecedência. Planejamento financeiro, escolha do destino e objetivo da viagem são algumas etapas. Para morar no Japão e realizar um intercâmbio, não é diferente.

Onde morar no Japão

Segundo o ranking divulgado anualmente pela consultoria britânica Quacquarelli Symonds (QS), especializada em Ensino Superior, Tóquio é a sétima melhor cidade do mundo para se estudar.

Um dos três centros financeiros mais importantes do mundo ao lado de Nova Iorque e Londres, a capital japonesa oferece programas para aperfeiçoamento do japonês e para conhecimento geral.

Morar no Japão e realizar um intercâmbio.

Intercâmbio para o Japão pode sair relativamente caro ao bolso, mas é enriquecedor. Foto: Shutterstock

Quem costuma demonstrar interesse por esse destino já possui alguma noção de japonês por estar estudando o idioma aqui no Brasil, avalia Gisele Piletti, adviser da agência World Study. “Como qualquer outro intercâmbio, é importante estar aberto a vivenciar uma nova cultura, pois os costumes são bem diferentes quando comparados aos nossos”, explica.

Se o seu objetivo é estudar na capital japonesa, existem duas escolas que oferecem cursos diversos, a Isi Language School e a Kai Japanese Language School. Lá, você pode dominar o japonês com aulas teóricas e de conversação e aprender termos próprios do mundo empresarial na modalidade negócios, voltada para quem quer trabalhar no país.

Além de Tóquio, Osaka, Quioto e Kobe são grandes centros que oferecem fácil aceso aos principais pontos do Japão. Essa última, inclusive, possui a escola Lexis Japan, que oferece cursos de 15 a 25 horas semanais para aperfeiçoar seu domínio sobre a língua.

Tóquio é opção para morar no Japão

Com vida noturna intensa, Tóquio foi eleita a melhor cidade para morar. Foto: Sean Pavone, Shutterstock

Intercâmbio para o Japão: custos e vistos

Definido o destino e o objetivo do intercâmbio, é preciso se preparar para os gastos com a viagem. Segundo Gisele, em média, o valor de um programa de um mês custa em torno de R$ 10.000,00. “Nesse valor estão inclusos, curso, acomodação, taxa de matrícula e material”, completa a adviser.

Além disso, é preciso providenciar o visto, independente de ser para turismo ou estudos. “O visto de turista permite a permanência de até 90 dias no país, podendo estudar por esse período”, finaliza. A emissão é feita no Brasil mesmo.

Osaka é opção para morar no Japão

Osaka, a Veneza Japonesa, se destaca por seus canais e belas paisagens. Foto: Shutterstock

O que ver ao morar no Japão

Intercambista também é turista. Então, aproveite a viagem para conhecer os pontos turísticos enquanto morar no Japão.

Tóquio mescla os edifícios futuristas com construções e bairros seculares. Osaka, conhecida como a “Veneza Japonesa”, devido aos seus canais, é reconhecida também em razão de sua gastronomia. Experimente sushi, sashimi e saquê à vontade.

A antiga capital, Quioto, se destaca por ser o principal polo religioso da nação, com centenas de templos e santuários budistas. Além disso, é dona de um rico acervo histórico que saiu ileso dos bombardeios da Segunda Guerra.

Quioto é opção para morar no Japão

Ponto de visitação histórica, Quioto foi a capital japonesa até 1868. Foto: Anotai Yuthongcome, Shutterstock

Você vai se interessar por:

Economia ajuda na viagem

Se você quer pagar as contas de uma forma prática e dentro do seu limite financeiro, o Vivo Zuum é uma excelente opção. Trata-se de uma conta corrente inteiramente gerenciável por celular, que permite o pagamento de boletos, transferências e recargas de celular. Se preferir adquirir o Cartão Vivo Zuum, você ainda pode fazer saques e compras no débito.

> Vivo Zuum: Tenha conta corrente com cartão, sem banco, sem complicação

Gostou das dicas para morar no Japão? Compartilhe!

Pokémon Go
como lucrar vendendo artesanato
como lucrar vendendo cosméticos
como abrir uma academia de ginástica
como abrir uma pizzaria
como montar uma drograria