Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Veja dicas para definir que empresa abrir

A- A+

É muito fácil encontrar um funcionário, seja qual for a sua profissão, que sonhe em ser o seu próprio chefe e conduzir um bem-sucedido negócio. Além do desejo de liberdade, é comum que sua cabeça seja habitada por uma dúvida cruel: que empresa abrir?

Por trás da questão vem, principalmente, o temor de a empreitada não dar certo justamente por conta de uma escolha errada. Por outro lado, é possível que algumas das possibilidades mais promissoras não sejam do interesse do futuro empreendedor, simplesmente por conta do seu gosto pessoal. E agora?

Homem sabe que empresa abrir

Vários fatores devem ser considerados ao escolher qual tipo de negócio iniciar. Foto: iStock, Getty Images

Como decidir que empresa abrir?

Não é à toa que os futuros empreendedores perdem o sono com essa dúvida. Ela envolve muitas possibilidades e variáveis, por isso, é uma escolha difícil de ser tomada. Mas vamos tentar ajudar você a decidir que empresa abrir. Confira alguns insights:

Estudo de viabilidade

Um estudo de viabilidade completo inclui viabilidade econômico-financeira, operacional e conceitual. Mas como você está querendo apenas decidir entre várias opções de negócio, pode focar, primeiro, na viabilidade do mercado.

O que você precisa fazer é uma pesquisa para descobrir se existe realmente um bom potencial de clientes para o seu negócio. O estudo também vai analisar a futura concorrência, para avaliar qual a quota de mercado que é possível obter.

Em alguns casos, a localização do ponto de venda importa pouco, porque as transações são feitas principalmente de outras maneiras – pela internet, por exemplo. Mas quando estamos falando de um varejo tradicional, o estudo de viabilidade deve ser direcionado a uma localização.

Alimentação e moda, por exemplo, geralmente têm bom público e são menos suscetíveis a fatores externos, mas isso não quer dizer que abrir um negócio nessas áreas em qualquer local vai dar certo. Você precisa entender qual o perfil de cliente e avaliar quais regiões têm um boa circulação deles.

Nesses casos, pode, inclusive, encarar a concorrência como uma geradora de demanda, não apenas como um ponto negativo.

Hype Cycle

A empresa americana de consultoria Gartner tem uma metodologia chamada Hype Cycle, que se trata de uma representação gráfica dos ciclos de adoção de novas tecnologias. O que acontece é que, via de regra, um novo conceito tecnológico tem três fases.

A primeira é quando a mídia reconhece a inovação da ideia e passa a explorá-la com frequência, começando a gerar uma grande expectativa sobre ela. O pico da expectativa exagerada é a segunda fase e, depois dela, começa o declínio, porque o público vê que a tecnologia “não era tudo aquilo”.

Depois, algumas empresas começam a utilizá-la de forma racional, e há um melhor entendimento sobre em casos sua aplicação é útil e para quais ela não serve.

Por fim, a última fase é o platô de produtividade, quando a tecnologia é reconhecida, estável e amplamente aceita para determinados fins, nos quais já foi testada e aprovada.

O que o Hype Cycle tem a ver com a decisão de que empresa abrir? Ele pode ajudar o empreendedor a fazer esse raciocínio, mesmo que seu produto ou serviço não seja tecnológico. Investir em determinada ideia é uma boa ou as expectativas sobre ela no momento são exageradas?

Fazer o que gosta

Você também pode levar em consideração a sua preferência por uma atividade. Mesmo que o modelo de negócio mais óbvio com ela não tenha boas perspectivas de rendimento, sempre é possível imaginar uma nova abordagem.

Lembre-se que conhecimentos técnicos sobre a área ou sobre gestão são fáceis de adquirir, basta dedicação. Mas gostar ou não de tal coisa com o tempo é mais complicado de acontecer.

No entanto, vale um adendo: muitas vezes, o empresário gosta tanto do que faz que acaba descuidando de tarefas de gestão, que não têm a ver necessariamente com o seu produto. Não caia nessa armadilha.

Você vai se interessar por:

Você também tem uma boa dica sobre que empresa abrir? Deixe seu comentário!

como abrir uma pizzaria
como montar uma drograria
como montar uma empresa de cromagem
como montar uma empresa de churros
como lucrar vendendo bolo no pote
como lucrar na crise