Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Os desafios de conciliar maternidade e carreira

A- A+

A desigualdade no mercado de trabalho permanece. De acordo com relatório divulgado neste ano pela Organização das Nações Unidas (ONU), o salário feminino ainda é, em média, 24% menor do que o recebido por homens que ocupam o mesmo cargo. Outro problema recorrente é o acúmulo de funções, principalmente quando entra em cena a maternidade.

Ainda segundo os dados da pesquisa, em todas as regiões do mundo as mulheres fazem quase duas vezes e meia mais trabalho doméstico não remunerado do que os homens. Diante desse cenário, aliar vida profissional e maternidade se torna uma tarefa ainda mais desafiadora.

Maternidade e o mercado de trabalho

A maioria dos problemas que a mulher encontra ainda hoje para se firmar no mercado de trabalho e conseguir chegar aos cargos de chefia traz uma raiz histórica. Conforme explica Viviane Lajter Segal, psicóloga clínica e terapeuta de casal, antigamente o papel feminino se resumia ao âmbito familiar.

Ou seja, cabia a ela o cuidado exclusivo da casa, do marido e dos filhos. Com a busca pela independência feminina, as mulheres passaram a ocupar também o mercado de trabalho e a lutar por igualdade. Mas, ao mesmo tempo em que essas mudanças ocorreram no convívio social, o mesmo não aconteceu internamente.

“Hoje ainda vivemos em uma cultura machista, que impõe à mulher o papel central no cuidado da casa e da família. Ou seja, ela acumula as funções ao invés de dividi-las com os seus parceiros, o que gera sobrecarga”, destaca Viviane. Na prática, isso significa um jornada de trabalho maior, que não acaba quando o seu expediente chega ao fim.

Não é à toa que um levantamento realizado no ano passado pela organização SOS Corpo, em parceria com o Data Popular, aponta que 75% das mulheres entrevistadas que conciliam trabalho e maternidade dizem enfrentar uma rotina exaustiva.

Conciliar a maternidade e a sua carreira é possível, mas exige que você reconheça seus limites. Foto: iStock, Getty Images

Conciliar a maternidade e a sua carreira é possível, mas exige que você reconheça seus limites. Foto: iStock, Getty Images

Como lidar com a maternidade e a carreira

A tentativa de conciliar carreira profissional com o papel de ser mãe – e tantas outras tarefas -, nem sempre atende às expectativas. O resultado são os sentimentos de culpa e frustração, que Viviane entende como recorrentes nesse tipo de situação.

“Essa mulher sente-se pressionada, pela sociedade e por ela mesma, a desempenhar ambos os papéis de forma exemplar como antes da maternidade, período em que ela conseguia focar suas energias somente no trabalho”, pondera a psicóloga.

O primeiro passo para se livrar dessa sensação incômoda é perceber a si mesma como humana, e não uma super-heroína. Respeitar os seus próprios limites é parte fundamental desse processo, assim como reconhecer que nem sempre é possível realizar tudo o que você gostaria.

Também faça uma avaliação do seu dia a dia e de como é realizada a divisão de tarefas dentro de casa. Ao invés de apenas acumular funções, aprenda também a distribui-las. Quem sabe assim você não fica mais perto de encontrar um equilíbrio entre os diversos âmbitos que compõem a sua rotina.

Gostou das dicas sobre maternidade e trabalho? Compartilhe!

 

vale a pena pedir demissão
trabalho temporario no canadá
trabalho temporario nos EUA para brasileiros em 2016
profissões inusitadas e alternativas
o que são benefícios assistenciais
o que fazer com as crianças