Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Veja como usar os serviços gratuitos dos bancos

A- A+

As instituições bancárias costumam cobrar um preço alto para cuidar do seu dinheiro. Entretanto, há uma lista de serviços gratuitos prevista em lei. Em outras palavras, todos os bancos devem oferecer alguns serviços básicos sem cobrar por eles.

Em tempos onde só se fala em recessão e corte de gastos, é fundamental saber o que pode ou não ser cobrado. Esta também é uma forma de repensar sua relação com o banco. Você precisa mesmo daquele pacote de serviços?

Fique por dentro dos serviços gratuitos que os bancos oferecem para desfrutar de suas vantagens.

Bancos precisam oferecer serviços gratuitos nas contas mais básicas. Foto: iStock, Getty Images

É norma do Banco Central que todos os bancos ofereçam conta corrente e conta poupança sem taxas e informar essa possibilidade ao consumidor. Ou seja, não é preciso adquirir um produto específico para se tornar cliente da instituição.

Quais são os serviços grátis

Conta corrente – O pacote de serviços básicos inclui o cadastro do cliente, a primeira via do cartão de débito, quatro saques mensais, dois extratos mensais, duas transferências entre contas do mesmo banco e consultas ilimitadas pela internet.

Conta poupança – Deve ser fornecido gratuitamente o cartão para movimentação, dois saques por mês, dois extratos, duas transferências mensais entre contas do mesmo banco e consultas ilimitadas via internet banking.

Conta salário – Também é gratuita e oferece os mesmos serviços gratuitos que o pacote básico de conta corrente. Entretanto, é menos flexível no que se refere ao uso. A grande diferença é que ela deve ser solicitada pelo empregador.

O fornecimento de serviços gratuitos é uma norma do Banco Central desde 2008. Embora haja um limite para uso dos recursos, não significa que não se possa usá-los mais vezes. Entretanto, o banco cobrará as tarifas pelos serviços excedentes.

Por conta disso, é interessante verificar a sua necessidade de uso dos recursos bancários para escolher o tipo de conta que mais se adeque a sua realidade. Também é importante consultar a lista de serviços gratuitos do Banco Central e o preço máximo das tarifas que podem ser cobrados por serviços excedentes no pacote básico.

Uma dica para economizar é utilizar as consultas pela internet. Se você é usuário de um pacote básico mas tem necessidade de verificar seu extrato mais que duas vezes por mês, você pode fazer isso sem custo nenhum via web. Nesse caso, não há necessidade de pagar tarifa excedente nem de mudar seu tipo de conta.

Você vai se interessar por:

Tarifa bancária pode virar bônus

Para economizar no fim do mês, uma boa ideia é transformar suas tarifas bancárias em benefícios. Os valores mensais que você paga ao banco ou às operadoras de cartão de crédito podem ser convertidos em bônus de ligações. Com o Conta Bônus, em até 10 dias úteis após o débito da tarifa, o valor é revertido integralmente para você.

> Conta Bônus: Transforme tarifas bancárias e anuidade do cartão em bônus para o celular

E aí, gostou das dicas para economizar nos serviços bancários? Deixe um comentário.

como lucrar vendendo cachorro quente
como lucrar vendendo bolo no pote
como abrir uma franquia de alimentos
como abrir uma empresa de coleta de entulho
como se relacionar com as pessoas no ambiente de trabalho
como aumentar a produtividade