Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Veja como preservar suas conquistas financeiras

A- A+

Você conseguiu adquirir uma casa, carro, tem um dinheirinho guardado na poupança e outro investido. O que mais alguém pode querer? Mais do que alcançar essas conquistas financeiras, é importante saber gerenciar seus recursos para mantê-los seguros em longo prazo.

Afinal de contas, não é raro vermos situações de pessoas que compraram o automóvel que queriam mas, por falta de pagamento, tiveram o veículo retomado. E os casos de derrocada financeira não se limitam a exemplos como esse. Até mesmo a inadimplência no condomínio pode levar um inquilino a ser despejado, sabia?

Mas é possível evitar que as conquistas financeiras conquistadas com muito esforço sejam perdidas. Para isso, um bom planejamento financeiro é o início de tudo.

Mulheres conversando sobre suas conquistas financeiras.

Mais do que adquirir patrimônio, é preciso se planejar para mantê-lo a longo prazo. Foto: Shutterstock

5 passos para manter suas conquistas financeiras

1. Planejamento

A maioria dos casos de insucesso financeiro começa pela falta de planejamento. Você faz um parcelamento para a aquisição de um bem porque pode pagá-lo mas, no mês seguinte, fica desempregado. Não tem uma reserva financeira? É falta de planejamento.

Para começar, coloque todas as suas despesas – assim como todos os seus ganhos em uma planilha. Você precisa anotar tudo para, depois de uma avaliação criteriosa, decidir se pode ou não adquirir um bem.

2. Reserva

Uma pessoa que consegue fazer a gestão eficiente do seu dinheiro sempre tem uma reserva. Esse é o melhor meio de preservar suas conquistas financeiras. Afinal, é preciso ter um resguardo para emergências, como desemprego ou doença.

Assim, você poderá manter a prestação do carro, da casa ou mesmo as compras do supermercado durante um período, sem endividamento. A maioria dos especialistas indica uma reserva mínima suficiente para seis meses.

3. Percentuais

Os economistas ensinam que o limite máximo da renda líquida mensal a ser comprometido com parcelamentos é de 30%. Mais do que isso, a probabilidade de ter problemas é muito grande.

Então, pense bem antes de fazer o test-drive daquele carro com taxa zero, ou de adquirir um apartamento com um condomínio elevado. Tudo o que será pago deve ser avaliado antes, por mais tentadora que seja a promoção.

4. Poupe mensalmente

O recomendado por quem entende do assunto é poupar 10% da sua renda líquida todos os meses, no mínimo. Essa será sua reserva financeira. Entretanto, o ideal é que você separe mais uma parte do seu salário para diversificar investimentos, pois essa é a forma de fazer o dinheiro crescer.

5. Seguros

Se você está virando o jogo e passando a se preocupar com equilíbrio e planejamento financeiros, é hora de fazer um seguro dos seus bens. Afinal, o patrimônio tem um valor elevado e, no caso de um acidente, fica difícil de recuperar. Por via das dúvidas, melhor contar com a prevenção.

Você vai se interessar por:

Organize suas finanças

Para aprender a controlar as contas do lar, é preciso ouvir quem sabe. Se você quer usar o seu dinheiro de um jeito mais inteligente, conheça o Vivo Finanças Pessoais. Com ele, você recebe mensagens e participa de jogos que lhe ajudam a controlar seus gastos, poupar e investir. E você ainda participa de sorteios diários.

> Vivo Finanças Pessoais: Receba dicas por SMS e concorra a R$ 2.500 todos os dias

Gostou das dicas para preservar suas conquistas financeiras? Compartilhe!

quanto custa um seguro de vida
como escolher uma seguradora de veiculos
por que a poupança rende tão pouco
economizar no seguro da casa
economizar no seguro do carro
cadeiras de bebê para automóvel