Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Veja como pagar o licenciamento anual do seu carro em dia

A- A+

Além do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e o Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres, o DPVAT, existe outra taxa para a qual os donos de automóveis devem se atentar: é a do licenciamento anual do veículo.

Sem quitar essa despesa, o motorista não está autorizado a circular com seu veículo pelas ruas, pois é o licenciamento que atesta que o automóvel encontra-se em conformidade com as normas de segurança e ambientais do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Uma vez que essa taxa anual é paga, o condutor recebe o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV), cujo porte é obrigatório.

Motoristas devem ficar atentos ao licenciamento anual do veículo.

Licenciamento é formado por IPVA, Seguro DPVAT e taxa de expedição. Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom, ABr

Como pagar o licenciamento anual

As datas e procedimentos para o pagamento do licenciamento variam de estado para estado, sendo feito, normalmente, em forma de rodízio, conforme o final da placa, por meio de boleto na rede bancária, podendo também ser feito de forma antecipada, junto com o pagamento do IPVA.

O valor da taxa do licenciamento varia entre R$ 50,00 e R$ 100,00 nos estados. Em São Paulo, por exemplo, o custo em 2015 foi de R$ 72,25, já em Minas Gerais o preço foi de R$ 85,81.

Caso você perca a data de vencimento do licenciamento anual, deve entrar em contato com o Detran do seu estado e solicitar outra via para quitar o seu compromisso.

O regime de multas pelo atraso no pagamento também varia, dependendo do estado. Em Minas Gerais, por exemplo, ela é de 0,15% ao dia até o trigésimo dia de atraso, passando a 9% em dois meses e chegando a 12% após o sexagésimo dia de atraso.

É importante lembrar que, para a emissão do novo CRLV, é necessário que os débitos relativos ao IPVA, seguro obrigatório (DPVAT) e eventuais multas de trânsito estejam quitados.

Penalidades ao não pagar o licenciamento anual

Como já mencionado anteriormente, o CRLV é um documento de porte obrigatório. O motorista que dirige sem ele, mesmo que tenha quitado o pagamento do IPVA, está sujeito a multa de R$ 53,20, apreensão do veículo e perda de 3 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Se também não estiver com o IPVA ou licenciamento em dia, perderá 7 pontos na CNH, além de receber multa de R$ 191,54 e ter o veículo apreendido.

Você vai se interessar por:

Tire suas dúvidas

O Detran-RS esclarece em seu site as principais dúvidas sobre o licenciamento anual. Confira:

– Não confunda IPVA com licenciamento anual: o imposto veicular é parte dele. O veículo é considerado licenciado ao pagar também o seguro obrigatório DPVAT e a taxa de expedição do documento

– A emissão do documento depende ainda da quitação de multas vencidas, se houver

– Com tudo em dia e pagamento efetuado, o documento é enviado ao endereço do proprietário, conforme registrado no Detran

– Os prazos para recebimento giram em torno de 5 dias após o pagamento

– No site do Detran do seu estado, o proprietário encontra as informações sobre o veículo

– O IPVA é um imposto estadual, de competência da Secretaria Estadual da Fazenda. Já o DPVAT é administrado por um consórcio de seguradoras (Seguradora Líder). Por fim, a taxa de expedição é paga ao Detran para cobrir os custos de sistema e entrega.

 

Já sabe como se programar para pagar o licenciamento anual? Compartilhe as dicas!

melhor lugar para trabalhar
Já sabe o que fazer quando terminar a faculdade
Condutor sem infrações de trânsito
Cuidando das finanças no lar
Fazendo o controle de finanças na prática
Vai devolver bem financiado