Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Veja como descobrir quais são os investimentos de melhor rendimento

A- A+

Herança, participação nos lucros, aumento de salário ou um novo contrato. De repente, sobrou dinheiro, mas você não sabe onde investir. Se a poupança não lhe parece atraente, chegou a hora de considerar os outros tipos de investimentos disponíveis no Brasil, analisando qual oferece o melhor rendimento e compreendendo os riscos específicos a cada um. Reunimos a seguir algumas dicas que podem ajudá-lo a fazer a melhor escolha.

Opções de investimento com o melhor rendimento

Tesouro Direto

Investir no Tesouro Direto significa emprestar dinheiro ao Governo Federal. Em troca, você recebe uma remuneração por isso. A aplicação pode ser resgatada antes do vencimento e o Tesouro Nacional garante a recompra dos títulos. De acordo com a BM&F Bovespa, trata-se de uma aplicação indicada para quem não gosta de correr riscos e deseja previsibilidade. Em 2015, pode ser uma boa aposta, por conta das juros altos de mercado.

Antes de investir, verifique qual opção dá o melhor rendimento. Foto: iStock, Getty Images

Antes de investir, verifique qual opção dá o melhor rendimento. Foto: iStock, Getty Images

Certificados de Depósito Bancário (CDB)

Assim como o o Tesouro Direto, o CDB é recomendável na situação econômica atual, em que os juros estão em crescimento. Ele é um título emitido pelos bancos para captar recursos. A remuneração, em geral, é prefixada. Boa parte das opções oferece liquidez e rendimento um pouco superior à poupança.

Fundo Imobiliário

Segundo a BM&F Bovespa, a vantagem desse tipo de investimento é que não é preciso de muito para começar. Para escolher em qual fundo investir, a melhor maneira é verificar qual deles se adequa melhor aos seus objetivos financeiros. Ele possui rendimento periódicos e deve ser priorizado quando o setor imobiliário vive um bom momento.

Alternativas para o melhor rendimento

Infelizmente, é impossível prever qual investimento terá o melhor rendimento em curto, médio ou longo prazo. As aplicações mais conservadoras têm percentual de rendimento muito semelhante, um pouco superior à inflação. Para quem quer lucros maiores, o risco de prejuízo precisa ser levado em conta.

É o caso, por exemplo, da Bolsa de Valores. Até mesmo corretores experientes podem ter dificuldade em analisar gráficos e determinar, com precisão, as variações que o mercado irá sofrer. Além disso, com a interferência do Governo no mercado, a especulação cresce ainda mais.

Para o professor de Finanças do IBMEC e da Fundação Dom Cabral, Gilberto Braga, a Bolsa de Valores é interessante sempre que o investimento for a longo prazo. Ou seja, para somente usar o dinheiro no futuro, depois de alguns anos. Obter resultados mais satisfatórios também pode exigir a contratação de um corretor profissional. É ele quem melhor pode guiar suas escolhas e determinar quando é hora de comprar ou vender suas ações.

Cartões de crédito com benefícios

Se você gosta de comprar com praticidade e segurança para administrar os seus lucros, é bom conhecer os Cartões de Crédito Vivo. Com os cartões de crédito Vivo Santander e Vivo Itaucard 2.0, você tem diversas vantagens, como alerta SMS, bônus na recarga de celular, pontos no Vivo Valoriza, descontos nos ingressos de cinema e parcelamento em até 12 x sem juros nas Lojas Vivo.
Gostou das dicas sobre melhor rendimento? Compartilhe!
quando vale a pena comprar título de capitalização
oscilações da Bolsa de Valores
melhores universidades do brasil
quando vale a pena ter cartão de credito
como cancelar pedido feito no cartão de crédito
reembolso no cartão de credito