Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Veja quais itens incluir nos gastos com a casa nova

A- A+

Você planejou todos os detalhes da casa nova, acompanhou a obra durante meses e ela enfim ficou pronta. Mas, quando parece que os transtornos acabaram, é hora de pensar na mudança. Mesmo com todos os gastos que você já encarou até chegar a essa etapa, é bom estar preparado para novos investimentos.

Para que os os valores não peguem você de surpresa, o melhor é fazer um plano orçamentário e incluir todos os itens que ainda podem fazer parte dos gastos. Pensando nisso, reunimos algumas dicas que podem facilitar.

Casa nova exige fôlego financeiro

Móveis

Mesmo que você decida usar seus móveis antigos na casa nova, não descarte possíveis gastos com mobília. Alguns deles podem estragar no processo de mudança e o novo ambiente pode exigir peças mais específicas, que se adaptem aos espaços ou para dar conta de novas demandas.

Também considere a possibilidade de precisar de suporte profissional para montar ou desmontar móveis como os guarda-roupas, por exemplo. Alguns deles podem não ser tão simples e, se você não tem intimidade com o processo, fazer tudo por conta própria não é a escolha mais adequada.

Frete

Esse é um serviço do qual não há como escapar e, se a mudança for para outra cidade, o preço cobrado pode encarecer ainda mais os gastos. Por isso, o melhor é pedir o orçamento de diferentes profissionais e empresas e garantir o melhor negócio. Para fazer uma escolha confiável, o ideal é conversar com outras pessoas que tenham se mudado recentemente.

Eletricista

A ideia é que, ao se mudar, tudo já esteja pronto. Mas considere que ainda pode ser necessário fazer a instalação de aparelhos, como é o caso de chuveiros, ar condicionado e torneiras elétricas. Além disso, você pode encontrar uma tomada que não funciona ou ainda verificar que precisa de novos pontos de luz.

Planejamento garante menos gastos na hora da mudança. Foto: iStock, Getty Images

Planejamento garante menos gastos na hora da mudança. Foto: iStock, Getty Images

Prepare-se para não se endividar com a casa nova

Com tantos gastos que ainda podem chegar, a dica é estar preparado ainda antes. Segundo o educador financeiro Ricardo Pereira, criar um endividamento para comprar itens de consumo não é indicado no cenário atual, que apresenta juros altos. Como a casa própria é um sonho para maioria das pessoas, ele entende que a principal dificuldade é tornar essa decisão mais racional.

O ideal é que, meses ou até mesmo anos antes, se inicie um processo de economia, que possa resultar em uma reserva para emergências e prioridades. Ao ter o dinheiro disponível, você evita pagar taxas extras e ainda pode contar com os descontos do pagamento à vista.

Assistência em emergências

Depois que você se mudar para a casa nova, é importante garantir que novos problemas não sejam um incômodo. Com o Vivo Assistência Casa e Auto, você conta com serviços de eletricista e encanador para sua casa, socorro mecânico para seu automóvel e chaveiro para os dois, sempre que precisar, por apenas R$ 5,90 por mês.

> Vivo Assistência Casa e Auto: Garanta socorro mecânico em emergências

Você também está pensando em ter uma casa nova? Deixe um comentário!

quando vale a pena comprar título de capitalização
oscilações da Bolsa de Valores
não consigo pagar o aluguel
como calcular a reforma de um apartamento
quanto custa um seguro de casa
como escolher uma seguradora de veiculos