Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Veja como abrir conta no Itaú em apenas 3 etapas

A- A+

Dar início a uma conta corrente costumava ser bastante burocrático. Hoje em dia, porém, com as facilidades geradas pela internet, você pode adiantar alguns passos de casa mesmo, ganhando tempo. Quer saber como abrir conta no Itaú? Em apenas algumas etapas, o processo é concluído.

Um dos benefícios de ser correntista de um banco é poder usufruir de seus benefícios. O Itaú dispõe de produtos como conta corrente, cartões, créditos e financiamento, investimentos e previdência, seguros, capitalização, consórcios, entre outros.

Casal sendo orientado sobre como abrir conta no Itaú.

Procedimento é simples e o pré-cadastro pode ser preenchido na internet. Foto: iStock, Getty Images

Como abrir conta no Itaú

Os primeiros passos são muito simples. Basta acessar o site do banco, no link específico de conta corrente e seguir algumas etapas. Confira:

1. Preencha um pré-cadastro

A primeira delas é preencher um pré-cadastro, onde você irá inserir dados pessoais como CPF, nome, data de nascimento, e-mail, número de celular e renda mensal. Em seguida, é preciso escolher uma agência. O site dá a opção de digitar seu CEP para encontrar a unidade mais próxima.

2. Aguarde o e-mail

Após enviar este pré-cadastro para o banco, você receberá um e-mail, no prazo de 24 horas, explicando as etapas seguintes.

3. Entregue documentos

Em seguida, você já pode ir até uma agência para entregar documentos, fazer o cadastramento biométrico e finalizar o processo. O cliente já sai da agência com um cartão provisório, que lhe permite movimentar a conta.

Esse cartão tem validade de 30 dias e dá direito a saques nos terminais de auto atendimento e compras no débito. Até o vencimento, o cliente recebe um cartão definitivo, que estará pronto para uso após debloqueio.

Documentos para abrir conta no Itaú

Via de regra, entre os documentos, são exigidos apenas CPF, identidade, comprovante de residência e de renda. No caso da conta universitária, é preciso ainda do comprovante de matrícula e o de renda não é obrigatório. Além de alunos da graduação, estudantes de pós-graduação também podem optar por essa modalidade de conta.

Para comprovar a faixa salarial, o banco aceita contra-cheques, holerites ou ainda a declaração do Imposto de Renda do último exercício. Independentemente do tipo de conta, o candidato sempre está sujeito a uma avaliação cadastral e de crédito no momento da contratação.

E se for conta poupança?

A abertura de uma conta poupança é ainda mais simples. Basicamente, é necessário apresentar apenas documento de identidade, CPF e comprovante de residência.

Nesse caso, não é necessária análise de crédito, uma vez que o cliente não terá à sua disposição serviços financeiros como cheque especial ou cartão de crédito.

Para iniciar uma conta poupança, é necessário fazer um depósito mínimo de R$ 50, isento de tarifas.

No caso dos menores de 18 anos – não casados, não emancipados, não matriculados em universidades e que não sejam servidores públicos – é indispensável que estejam acompanhados de um responsável legal, que também deve apresentar documentos.

Você vai se interessar por:

Organize suas finanças

Para aprender a controlar as contas do lar, é preciso ouvir quem sabe. Se você quer usar o seu dinheiro de um jeito mais inteligente, conheça o Vivo Finanças Pessoais. Com ele, você recebe mensagens e participa de jogos que lhe ajudam a controlar seus gastos, poupar e investir. E você ainda participa de sorteios diários.

> Vivo Finanças Pessoais: Receba dicas por SMS e concorra a R$ 2.500 todos os dias

Aprendeu como abrir conta no Itaú? Compartilhe as dicas!

quando vale a pena comprar título de capitalização
cesta de serviços bancários
Como ter uma boa qualidade de vida
Pagando boleto de cobrança
Análise para penhorar joias
Aprendendo como usar caixa eletrônico