Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Veja 8 dicas para se prevenir do cartão de crédito clonado

A- A+

Ter o cartão de crédito clonado é um receio comum entre os usuários da ferramenta de pagamento. Esse temor fica ainda mais latente com a alta incidência de fraudes dessa natureza nos últimos tempos, especialmente via internet.

Somente no ano passado, 44,5% dos golpes nos meios digitais foram relacionados a clonagem de dados do chamado dinheiro de plástico. O levantamento foi feito pela Federação do Comércio do Estado de São Paulo (Fecomércio-SP), através da Pesquisa de Crimes Eletrônicos 2014.

O cartão de crédito clonado é um receio comum.

Em 2014, clonagem do cartão representou quase metade dos crimes virtuais. Foto: iStock, Getty Images

Como evitar cartão de crédito clonado

Dado o elevado número de casos de cartão de crédito clonado, a Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Proteste) elaborou dicas que podem ajudar o usuário a evitar que os seus dados sejam usados por golpistas. Confira as oito principais:

1. Memorize a senha e não deixe registrada por escrito em nenhum local.

2. Não aceite ajuda de estranhos ao usar caixas eletrônicos.

3. Comunique o banco imediatamente se o cartão ficar preso no caixa eletrônico.

4. Instale um bom antivírus em seu computador e evite expor seus dados em sites.

5. Muita atenção às ligações telefônicas que pedem atualizações de seus dados. Tome cuidado com pesquisas feitas pelo telefone ou mesmo com ligações oferecendo promoções, nas quais é preciso dizer o seu CPF, por exemplo.

6. Fique atento ao preencher seus dados em cupons para sorteios. Depois que o prêmio é sorteado, ninguém sabe onde essas urnas irão parar.

7. Cartões fora da validade ou que não são utilizados mais devem ser inutilizados. Ao jogar fora faturas do cartão e extratos bancários, rasgue-os de modo a impedir a identificação dos dados.

8. Guarde seus cartões em locais onde só você tem acesso. Infelizmente, muitos casos de clonagem são feitos por pessoas próximas a você.

Cartão de crédito clonado: o que fazer?

Se mesmo seguindo esses cuidados você ter o cartão de crédito clonado, é preciso comunicar o fato à operadora do cartão o mais rápido possível e pedir o seu bloqueio. Fazer um boletim de ocorrência também é imprescindível nesses casos.

Além disso, a Proteste adverte que a responsabilidade pelos gastos feitos com o dinheiro de plástico indevidamente é da operadora do cartão. Afinal, a clonagem é um erro de segurança no serviço prestado.

Você vai se interessar por:

Conheça os cartões de Crédito Vivo

Agora que já sabe quais cuidados tomar para prevenir o cartão de crédito clonado, o que você acha de desfrutar somente dos benefícios que essa ferramenta de pago possui? Os Cartões de Crédito Vivo, em parceria com o Itaú e o Santander, por exemplo, dão bônus e pontos para você falar mais em ligações para telefone fixo ou de longa distância, enviar SMS e acessar a internet, além de descontos em cinema e muitas outras vantagens.

> Cartões de Crédito Vivo: Conheça as vantagens

Gostou das dicas para se prevenir do cartão de crédito clonado? Compartilhe!

melhores universidades do brasil
quando vale a pena ter cartão de credito
como cancelar pedido feito no cartão de crédito
reembolso no cartão de credito
formas de pagamento para fazer compras pela internet
como entender a fatura do cartão de crédito