Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Valor da cesta básica em Recife foi um dos menores do país em maio

A- A+

Em meio a uma alta constante de preços, há cidades que têm o que comemorar. O valor da cesta básica em Recife foi de R$ 353,78 em maio – um dos menores do país, conforme a pesquisa do Dieese realizada em 27 capitais.

Conforme o instituto, a capital pernambucana apresentou uma redução de 1,33% nos preços em maio, na comparação com o mês anterior. No entanto, se analisado o comportamento dos preços desde janeiro, foi registrado aumento de 5,97% no período.

Somente três capitais – Aracaju, Natal e Rio Branco – apresentaram preços menores que Recife no mês de maio, que é o dado mais recente.

Aproveite o valor da cesta básica em Recife com organização

Mesmo que os valores sejam baixos, você precisa se organizar para aproveitar a situação favorável. Confira algumas dicas para uma melhor organização financeira.

1. Ponha tudo no lugar

Para manter um orçamento equilibrado, é necessário fazer uma verdadeira faxina financeira. Comece organizando os dados (entrada e saída de dinheiro) em uma planilha. Coloque despesas fixas e variáveis, além de reservar um espaço para os gastos diários – até mesmo para aqueles que parecem insignificantes.

2. Faça um diagnóstico financeiro

Esse é o momento de “traduzir” a sua planilha. É preciso ser bastante realista para identificar os gastos que não estão de acordo com a sua realidade. Veja o que é essencial e o que é dispensável. É uma forma de começar a ‘filtrar’ suas despesas.

valor da cesta básica em Recife

Capital de Pernambuco registrou um dos valores mais baixos do país em maio. Foto: iStock, Getty Images

3. Verifique a possibilidade de ajustes

Nem sempre é preciso abrir mão de tudo, mas alguns ajustes sempre são úteis. Se a conta de luz está tarifada pela bandeira vermelha, reduza o uso do ar condicionado, por exemplo. Se está gastando muito com lanches na rua, analise a possibilidade de comer em casa ou de levar seu lanche para o escritório. É uma questão de reorganizar sua rotina.

4. Faça uma reserva financeira

É interessante deixar uma sobra mensal para construir uma espécie de fundo para emergências. Esse recurso pode salvá-lo do endividamento em caso de uma urgência médica ou mesmo um problema doméstico.

5. Aprenda a aplicar o dinheiro

Quando a vida financeira já está equilibrada, é hora de separar uma parte das suas reservas para fazer o seu dinheiro trabalhar por você. Isso significa aplicar os recursos em produtos financeiros que estão de acordo com seu perfil, para que o valor se multiplique apenas rendendo juros. Primeiro, é importante descobrir que tipo de investidor você é. Depois, conhecer melhor os investimentos para descobrir qual deles é o mais adequado para o seu caso.

Você vai se interessar por:

Seu nome protegido

Se você convive com dívidas, precisa conhecer o Vivo Alerta CPF. Entre as suas funções, está o envio de um SMS ao cliente toda vez que ocorrer uma alteração no status do seu nome nas bases de dados da Serasa Experian, toda vez que uma empresa consultar o nome do cliente nessa base de dados e ainda quando o seu nome estiver prestes a ser negativado.

Além disso, o cliente recebe exclusivas dicas antifraude e pode visualizar o relatório completo sobre o seu CPF.

> Vivo Alerta CPF: Receba alertas via SMS sempre que houver consultas a seu CPF

Ainda tem dúvidas sobre o valor da cesta básica em Recife? Comente!

seudinheiro-Compras-de-supermercado
sair da casa dos pais
vale a pena economizar
vale a pena pegar empréstimo
emprestimo urgente para negativado
erros financeiros comuns