Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Vai viajar sozinho? Descubra como organizar melhor suas finanças

A- A+

À medida em que vamos ficando mais velhos, fica cada vez mais complicado conciliar nossas férias com os demais familiares para aproveitar uma viagem em família. Assim, viajar sozinho pode ser a única saída ou até mesmo uma escolha – principalmente quando se pretende fazer um ano sabático ou uma busca pelo auto-conhecimento.

Planejamento é o segredo de sucesso para viajar sozinho

Tudo na vida tem um preço. E o preço de viajar sozinho, sem dúvida, é mais alto que ir acompanhado. Por isso, o planejamento é a chave para sua saúde financeira, seja uma viagem nacional ou internacional. É preciso contabilizar todos os gastos para evitar surpresas.

seudinheiro-Viajar-sozinho

Um dos itens que encarece ao viajar sozinho é a hospedagem. Foto: iStock, by Getty Images

Faça seu check list financeiro antes de viajar sozinho

1 – Passagens: Começando pelo check list básico, é preciso decidir o destino. De todos os itens da viagem, a compra de passagens é onde se pode obter o maior desconto, caso comprada com antecedência.

2 – Visto e passaporte: Em caso de uma viagem internacional, é necessário verificar se o país de destino exige visto. Caso não haja consulado na sua cidade, você precisa computar os custos de deslocamento. Se você ainda não tem passaporte, contabilize também o custo de fazer o seu, com a devida antecedência. Se tem, verifique se está na validade.

3 – Vacinas: Há destinos nacionais e internacionais que exigem vacinas contra determinadas doenças ou atestados de saúde. Isso pode ter um custo. Se vai viajar sozinho, também tem a responsabilidade de lembrar de tudo sozinho. Então tome nota.

4 – Hospedagem: Um dos itens que encarece ao viajar sozinho é a hospedagem. Afinal, você não tem como dividir a conta do hotel. A dica é fazer uma bos pesquisa de preços com antecedência. Se você ainda não habilitou seu cartão de crédito internacional, é preciso fazer isso pois precisará dessa ferramenta para fazer a reserva.

Você vai se interessar por:
Viajar gastando pouco é possível: veja dicas
Descubra quando pacotes de viagem são uma boa opção
Turismo na Europa: veja 6 dicas para planejar sua viagem

5 – Estada alternativa: Se quiser reduzir os custos da hospedagem, uma dica é procurar um formato alternativo como um albergue (em muitos países funciona bem), um hotel de pequeno porte ou um sistema BnB (bed and breakfast), que é confiável, eficaz e mais barato.

6 – Transporte: Para reduzir custos, verifique se no seu destino há um sistema eficiente de metrô. Em qualquer lugar, esse é um meio de transporte rápido e barato. Em uma região com acesso mais complicado, guarde uma quantia interessante para o táxi, principalmente fora do país.

7 – Passeios: Se o seu roteiro inclui a visita a museus, passeios de barco, espetáculos e roteiro gastronômico para conhecer a região, verifique os valores. Em muitos destinos, os ingressos comprados pela internet com antecedência têm os preços reduzidos.

 

Este artigo lhe fez lembrar de alguém? Compartilhe!

melhores universidades do brasil
quando vale a pena ter cartão de credito
como cancelar pedido feito no cartão de crédito
reembolso no cartão de credito
formas de pagamento para fazer compras pela internet
como entender a fatura do cartão de crédito