Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Usuários de BlackBerry também ficam sem o suporte do Facebook

A- A+

Usuários de aparelhos BlackBerry vêm acumulando más notícias nos últimos meses. Depois do aplicativo WhatsApp, o suporte do Facebook também chegará ao fim para quem usa o sistema operacional da marca. Sem atualização, a principal rede social do mundo atualmente não poderá ser acessada via aplicativo nesses celulares.

Sem suporte do Facebook

Acesso ao Facebook em aparelhos BlackBerry podem se dar pelo navegador. Foto: iStock, Getty Images

Fim do suporte do Facebook no BlackBerry

Aparelhos com os sistemas BlackBerry 10 e BBOS são os afetados pelo fim do suporte do Facebook. Apesar de o acesso pelo aplicativo deixar de funcionar, os usuários da marca ainda poderão ingressar na rede social pelo navegador. O problema é que essa plataforma se mostra mais lenta e menos responsiva.

Quem tem um aparelho da marca deve enfrentar ainda mais problemas, já que a alteração afeta outros aplicativos que utilizam o login do Facebook para acessar as informações do usuário, por exemplo.

Como era de se esperar, o fim do suporte do Facebook não foi bem recebido pelo fabricante de celulares. Em nota, o diretor de marketing para relações com desenvolvedores da BlackBerry, Lou Gazola, lembrou que a empresa tentou reverter a decisão, assim como o fez antes quando da alteração envolvendo o WhatsApp, e se disse “extremamente desapontado”.

Alternativas para o usuário

Para quem gosta dos telefones BlackBerry, mas também não vive sem o Facebook, a notícia pode parecer bastante desanimadora. Mas há alternativas e a primeira delas, como já comentado, é a de acessar a rede pelo navegador, o que não costuma cair no gosto de nenhum usuário, dada a lentidão da experiência.

Outra opção vem da própria fabricante, que já anunciou o investimento em novos smartphones, agora com o sistema Android instalado. No final do ano passado, o primeiro modelo com a novidade foi apresentado: trata-se do BlackBerry Priv, à venda nos Estados Unidos por cerca de US$ 700 (algo em torno de R$ 2.400, sem incluir impostos).

Sem suporte do Facebook

Priv já vem com Android e soluções para maior segurança do usuário. Foto: Divulgação, BlackBerry

O nome Priv, conforme a própria fabricante, remete ao termo Privacy, que significa privacidade, em inglês. A ideia é mesmo deixar claro o investimento feito na maior segurança do usuário. Afinal, a BlackBerry desenvolveu para o aparelho uma série de aplicativos com o objetivo de elevar a proteção de dados pessoais e a quantidade de alertas sobre ameaças.

Se o usuário optar por um BlackBerry com Android, além de voltar a usufruir do suporte do Facebook, pode também utilizar novamente o WhatsApp, principal app de troca de mensagens instantâneas.

Já no telefone antigo, a saída é recorrer a aplicativos alternativos, como o Line, um dos poucos que oferecem suporte para BlackBerry. Outra opção é o Skype, que alia mensagens instantâneas a mensagem de voz e vídeo, sendo possível também realizar chamadas de vídeo e telefônicas a baixo custo.

Você vai se interessar por:

Encontre celulares no Vivo Compras

Se a mudança lhe motiva a comprar um novo celular, é importante comparar os preços e as condições de pagamento. O Vivo Compras traz mais de 850 mil produtos para escolher em diferentes lojas virtuais, através do mesmo carrinho.

Em parceria com a Opte+, a Vivo oferece produtos de lojas virtuais como Ponto Frio, Extra, Fast Shop e Casas Bahia. No portal, é possível encontrar eletrodomésticos, eletrônicos, produtos de informática, móveis, além de passagens aéreas, pacotes e hotéis, sempre com descontos diferenciados.

> Vivo Compras: Encontre os melhores preços para celulares

Este artigo lhe fez lembrar de alguém? Compartilhe!

Comprar tablet
Mulher entende o que é carnê-leão
Comprar smart tv
micro-ondas ou forno elétrico
geladeira com freezer ou congelador
vale a pena comprar produtos da apple