Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Uso de móveis de papelão é opção sustentável na decoração da casa

A- A+

Você prefere uma decoração irreverente, mas também se preocupa com a sustentabilidade e com o descarte futuro dos materiais utilizados? Uma alternativa que reúne tudo isso – e, de quebra, ainda é moderna e estilosa – são os móveis de papelão. Você já conhece?

Decoração econômica e descolada

móveis de papelão

Além da pegada ecológica, os preços desse tipo de móvel costumam ser menores. Foto: Instagram, Cartone Design

No Brasil, esse tipo de mobília já vem fazendo sucesso há alguns anos, desde que passou a ser usada em grandes eventos. Entretanto, há uma série de fabricantes investindo nos mais diversos itens, também voltados à decoração do lar.

São bancos, poltronas, escrivaninhas, estantes para todos os tipos de ambientes, cadeiras e até mesmo sofás. Além de serem 100% biodegradáveis e leves, são também resistentes (uma estante suporta, em média, 50 quilos).

Embora muitos consumidores considerem um charme ter móveis na cor e textura originais – ou seja, na cor do papelão – eles também podem ser personalizados de acordo com o gosto do cliente.

Esse móvel aceita alguns tipos de tinta, podendo ser pintado em diversas cores, até mesmo com brilho (com aparência de laca).

Além disso, o design não precisa ficar preso àquele modelo liso tradicional. Basta uma busca rápida na internet para verificar que há fabricantes apostando em móveis com as mais diversas texturas e cores, deixando o papelão com o aspecto de uma verdadeira obra de arte. Também é possível escolher desenhos a serem impressos.

Móveis de papelão tem preços competitivos

Não bastassem essas vantagens, eles geralmente são mais baratos que o convencional. Algumas vezes, concorrem com os preços de materiais simples, como o plástico. Uma mesinha infantil, por exemplo, fica em torno de R$ 65, enquanto uma cadeira infantil fica em R$ 43. Já um banco adulto custa menos de R$ 30.

Há diversas marcas no mercado, algumas delas oferecem um rol de produtos com preços que vão de R$ 10 a R$ 190. Já pensou em pagar esse valor por um sofá ou por um banco de três lugares? Além de decorar sua casa, há muitas opções de móveis para escritórios.

Por que aderir? O principal motivo é a pegada ecológica. O material é leve, resistente (uma cadeira pode suportar até 120 quilos) e prático. A montagem é fácil e não requer nenhum tipo de prego, parafuso ou cola.

Além disso, quase todos os fabricantes utilizam papelão fabricado a partir de madeira certificada. Em outras palavras, você tem a certeza de que a empresa tem uma preocupação ambiental e que tem o cuidado necessário na extração da celulose.

Você vai se interessar por:

Parece novidade, mas não é

Embora o mobiliário em papelão recém esteja se popularizando por aqui, a primeira coleção foi criada na década de 70, pelo arquiteto canadense Frank Gehry. Com o passar do tempo, diversos designers desenvolveram coleções, entre eles os brasileiros Irmãos Campana.

 

O que acha da ideia de apostar nos móveis de papelão? Deixe seu comentário.

feiras de trocas
almofadas para sofá
como abrir uma empresa de coleta de lixo
como abrir uma empresa de reciclagem
quais são as vantagens das lâmpadas incandescentes
como evitar o desperdício de alimentos