Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Tudo o que você precisa para fazer uma ceia de Natal econômica

A- A+

Quando se fala em fim de ano, é possível visualizar seu suado dinheiro sumindo do bolso, não é? Afinal, essa é uma época tradicionalmente marcada por gastos. Mas ao menos em um aspecto você pode aliviar as finanças: que tal realizar uma ceia de Natal econômica? Basta um pouco de organização – gastronômica e financeira – e uma ajudinha dos participantes.

Por onde começar?

Se a família é grande, o melhor é decidir em conjunto. Preferem que cada um traga um prato? Ou seria melhor definir o total e fazer um rateio do dinheiro? Querem comprar refeições prontas? Haverá amigo secreto? Essas são as primeiras questões a serem respondidas no planejamento da ceia de Natal econômica.

Mulher prepara ceia de Natal econômica

Ceia pensada em detalhes e preparada em casa costuma ser mais econômica. Foto: Shutterstock

9 dicas para uma ceia de Natal econômica

Liste tudo

Para ter uma ideia de gastos e evitar surpresas desagradáveis, faça uma lista com tudo que será necessário para a ceia. Assim, você já começa a ter uma ideia de valores que a comemoração exigirá.

Pesquise

O próximo passo é pesquisar valores. Você pode encontrar uma grande diferença de preços entre um supermercado e outro.

Antecipe-se

A pressa é inimiga da perfeição. Nesse caso, também é inimiga do bolso. Se deixar as compras para a última hora, você pagará o preço que se exige nesta época (geralmente maior). Ao se antecipar, você também evita filas.

Compre no atacado

A ceia de Natal é o tipo de situação em que pode ser melhor comprar no atacado, sobretudo se você reunir muitas pessoas. Assim, pode-se pagar menos por bebidas, comidas, sobremesas e outros itens que serão adquiridos em grande quantidade.

Divida

Um dos métodos cada vez mais utilizados é solicitar que cada um leve um prato. Para ficar mais organizado, melhor fazer uma lista e preparar os comes a partir dela. Caso você vá oferecer a ceia e os convidados quiserem contribuir, uma dica é pedir que levem panetones, doces ou outras iguarias que sirvam como complemento.

Recicle

Quem não gosta de um ambiente decorado para comemorar? Sem dúvida, é melhor. Porém, encarece muito os custos da festa e talvez você nem use no próximo ano. Por isso, prefira utilizar materiais que já tem em casa, evitando gastos. Linhas, fitas, miçangas, restos de lã, tecidos e garrafas pet: tudo pode ser utilizado.

Ceia tropical

Ok, a cultura do Natal não é nossa. Por isso mesmo, alguns itens são tão caros, como nozes e frutas secas. Uma proposta é “abrasileirar” um pouco a ceia, preferindo utilizarfrutas frescas da estação e outros ingredientes mais em conta. Também vale preparar quitutes com o que tem em casa, comprando poucos itens para dar um toque especial.

Você vai se interessar por:

Evite excessos

Outro prejuízo comum em qualquer tipo de festa é por comprar itens em excesso. O que é perecível, inclusive, acaba estragando. Se você não sabe calcular a quantidade de consumo por pessoa, há vários sites que fazem isso por você. Basta digitar a quantidade de adultos (separando homens e mulheres) e crianças.

Não compre roupas

A nossa cultura consumista – e algumas superstições também – sugere gastos com roupas novas em ocasiões festivas. Mas faça uma faxina no guarda-roupa e avalie se não há uma peça esquecida no fundo, que fique bonita em você. Ou, então, faça uma combinação diferente.

 

Gostou das dicas de ceia de Natal econômica? Compartilhe!

vale a pena usar roupas de marca
feiras de trocas
vale a pena economizar
dividir aluguel com alguém
limite do cartão de crédito
exemplos de produtos supérfluos