Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Travesseiro certo agrega conforto sem prejudicar a sua saúde

A- A+

O brasileiro tem dificuldades para dormir. Um estudo do Instituto de Pesquisa e Orientação da Mente (IPOM) aponta que 69% da população avalia o seu próprio sono como insuficiente ou insatisfatório. E o travesseiro pode ter uma grande parcela de responsabilidade nisso. Uma escolha pelo item errado pode atrapalhar a qualidade do período em que você dorme e até causar doenças posturais.

A escolha do travesseiro

A Associação Brasileira da Indústria de Colchões (Abicol) diz, em artigo, que o travesseiro ideal é aquele que oferece o suporte correto à postura e ao biótipo da pessoa, com foco na altura dele e na sua relação com a largura do ombro da pessoa. Esse cuidado pode ajudar a garantir boas noites de sono e a saúde da coluna, tanto cervical, quanto lombar.

Mulher dorme em travesseiro macio

Modelo escolhido deve ter algum tipo de proteção contra fungos e ácaros. Foto: iStock, Getty Images

Para a Abicol, o melhor travesseiro é aquele que não é nem alto o suficiente para deixar o pescoço esticado e nem tão baixo que a cabeça fique pendurada para baixo. Ele varia também conforme a posição em que a pessoa dorme. Portanto, essa é a primeira avaliação que deve ser feita.

O importante é que a coluna e o pescoço fiquem paralelos à cama, em qualquer posição. Quem dorme de lado, por exemplo, deve optar por um travesseiro alto ou mais de um. Já para quem dorme de barriga para cima, o ideal é um travesseiro mais fino, que preencha o espaço entre a coluna cervical e a cama.

A entidade avalia que o imprescindível é que seja preenchido completamente o espaço entre a cabeça e o colchão. É possível usar um travesseiro pequeno para apoiar a base do pescoço e um corporal, de forma que a musculatura do lado que não está em contato com o colchão possa relaxar.

A Abicol indica que você peça para alguém lhe observar quando estiver deitado na posição em que dorme, com o travesseiro que você utiliza. É mais comum que outra pessoa identifique os pontos que precisam ser mudados. 

Ainda conforme a entidade, o modelo e o material do travesseiro não fazem tanta diferença na qualidade final do sono. Mas aqueles fabricados em penas, espuma viscoelástica e poliuretano são os mais confortáveis.

É válido também prestar atenção se o escolhido tem algum tipo de proteção contra fungos e ácaros, mantendo sempre a higienização.

Você vai se interessar por:

Saiba como escolher o colchão certo para uma boa noite de sono

Colchão adequado evita dores na coluna

Roupa de cama: o que considerar na hora da compra

A busca por um sono ideal

Mas o sono ideal vai além do travesseiro. Há certos cuidados que devem ser tomados na sua rotina para garantir que a noite lhe dê o descanso necessário. Quem indica é o Instituto do Sono, na sua cartilha de cuidados. Ter regularidade na prática de atividades físicas e manter o cérebro ativo ao longo do dia são algumas das instruções.

Também é importante, segundo o instituto, não se alimentar de refeições pesadas, nem ingerir bebidas alcoólicas ou com alto teor de cafeína antes de ir para a cama. Isso ativa o metabolismo e não permite que o corpo relaxe.

É ideal, ainda, que você procure se desligar dos problemas quando for dormir. O estresse é, segundo o IPOM, o principal responsável pela baixa qualidade no sono dos brasileiros.

Travesseiro é no Vivo Compras

Assim que partir para a busca do melhor travesseiro, é importante comparar os preços e as condições de pagamento. O Vivo Compras traz mais de 850 mil produtos para escolher em diferentes lojas virtuais, através do mesmo carrinho.

> Vivo Compras: Encontre os melhores preços para travesseiro

Gostou das dicas de travesseiro? Deixe seu comentário.

Comprar tablet
Mulher entende o que é carnê-leão
Comprar smart tv
micro-ondas ou forno elétrico
geladeira com freezer ou congelador
vale a pena comprar produtos da apple