Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Transporte público de Jundiaí passa a aceitar cartão de crédito e débito

A- A+

Cada vez mais popular no país, o uso de cartões de crédito e débito chega agora também ao transporte público. A Prefeitura de Jundiaí (SP) inova ao lançar um sistema de pagamento com esse tipo de ferramenta em algumas linhas da cidade – a começar para aquelas que atuam no terminal Vila Rami.

Com a novidade, Jundiaí se torna a primeira cidade brasileira a receber esse sistema financeiro no transporte público, facilitando a vida de quem costuma pegar ônibus, mas nem sempre carrega passagem ou dinheiro em espécie para realizar o pagamento.

Transporte público de Jundiaí

Cidade é pioneira ao oferecer sistema financeiro como opção de pagamento. Foto: Arquivo, Prefeitura de Jundiaí

Uso do cartão no transporte público

A ação no transporte público de Jundiaí tem como objetivo oferecer mais opções de pagamento e minimizar a circulação de dinheiro vivo, aumentando a segurança de passageiros e funcionários.

O plano inicial é que a novidade funcione em dez ônibus e, depois, seja expandida para os outros 270 veículos que circulam na cidade. Para os passageiros que utilizarem o cartão bancário, a tarifa é a normal, de R$ 3,80. Já aqueles que são cadastrados no Bilhete Único pagam um valor menor: R$ 3.

Segundo as autoridades da cidade paulista, são 120 mil passageiros diariamente utilizando o serviço de transporte público. Entre eles, cerca de 18 mil ainda pagam em dinheiro, representando 15% dos usuários.

A solução foi apresentada no 63º Fórum Paulista de Secretários e Dirigentes Públicos de Mobilidade Urbana, no Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp), em março de 2016.

Cartões cada vez mais populares

Pesquisas mostram que os cartões de crédito e débito estão cada vez mais populares. O estudo O Consumidor e as Formas de Pagamento no Brasil, da Nielsen, realizado em 2015, revelou que o uso da ferramenta no Brasil atingiu 2,5 milhões de novos usuários no crédito e mais de 3 milhões no débito.

Hoje, os cartões somados já representam 23,7% do valor total gasto com compras de alimentos, bebidas, produtos de limpeza e higiene em todo o Brasil.

Segundo dados da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviço (Abecs), apenas no primeiro semestre de 2015, houve uma movimentação de R$ 509 bilhões, representando uma alta de 10,2% em relação ao mesmo período no ano anterior.

No entanto, o ticket médio das compras vem diminuindo – representando a substituição de dinheiro e cheque -, ficando em R$ 39,7 em transações realizadas com o cartão de débito e R$ 77,9 com o cartão de crédito.

Você vai se interessar por:

Pague com tranquilidade

Para quem usa o cartão com consciência e aproveita todos os seus benefícios sem comprometer o bolso, falta só escolher aquele que mais se adapta às suas necessidades e exigências.

Com os Cartões de Crédito Vivo, você pode parcelar em até 12 vezes sem juros nas lojas Vivo e somar pontos no programa de recompensas Vivo Valoriza. Oferecidos em parceria com o Itaú e o Santander, eles também dão bônus e pontos para você falar mais em ligações para telefone fixo ou de longa distância, enviar SMS e acessar a internet, além de descontos em cinema e muitas outras vantagens.

> Cartões de Crédito Vivo: Conheça as vantagens

Qual a sua opinião sobre o uso de cartões de débito e crédito no transporte público? Gostaria que a solução fosse implantada em sua cidade? Comente e compartilhe o artigo!

melhores universidades do brasil
quando vale a pena ter cartão de credito
como cancelar pedido feito no cartão de crédito
reembolso no cartão de credito
formas de pagamento para fazer compras pela internet
como entender a fatura do cartão de crédito