Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Terapia financeira pode ajudar você a sair do endividamento

A- A+

Não é só com você: estar endividado e perder o controle dos gastos tira o sonho de qualquer pessoa. Se nada for feito, não será apenas a sua saúde financeira a afetada e os problemas podem se estender a todas as áreas da sua vida. Recorrer a uma terapia financeira pode ajudar você a sair do vermelho.

Terapia financeira promove reflexão

De acordo com a consultora financeira Evanilda Rocha, a terapia financeira pode ajudar através do método da revisão financeira. “Ele leva a pessoa a refletir sobre os seus comportamentos financeiros em relação ao dinheiro e de que estratégias (ou não) tem lançado mão no seu dia a dia para cuidar do próprio dinheiro”, explica.

Recorrer a uma terapia financeira pode ajudar você a sair do vermelho.

Organizar as finanças garante maior tranquilidade para o seu bolso. Foto: iStock, Getty Images

Nessa reflexão, segundo a consultora, é possível fazer o levantamento de todos os comportamentos positivos que podem ou devem ser mantidos, além dos comportamentos negativos que precisam ser trabalhados e substituídos.

A terapia financeira inclui a adoção de mecanismos de controle, como planilhas, relatórios e análises para compreensão do cenário pela pessoa. “Com o cenário bem definido, será possível determinar quais as melhores estratégias para montar o planejamento que vai ajudar a eliminar o endividamento”, defende Evanilda.

Como realizar a terapia financeira

No processo de terapia financeira, o segredo é não permitir que o momento de endividamento deixe você ainda pior do que a situação já é. Você já tem um problema, então, não precisa criar outros ou aumentar o que existe.

Após a reflexão da terapia financeira, você deve iniciar um processo de análise e planejamento para organização, que compreenda o pagamento de suas dívidas. Confira cinco passos que não podem falar nessa etapa:

1. Faça uma reflexão para entender como a situação chegou onde chegou e que comportamentos levaram a esse cenário.

2. Monte planilhas com a situação de cada dívida, seu orçamento atual e as possibilidades de pagamento.

3. Priorize o pagamento das contas essenciais, como habitação, água, luz, alimentação, todas aquelas ligadas à sua subsistência.

4. Defina as estratégias para pagamento, como negociação com credores e possibilidades de serviços para ganhos extras.

5. Passe a manter seus gastos dentro do seu orçamento.

Seu problema tem solução

Dentro das estratégias de pagamento e negociação de dívidas com credores, lembre-se que existem recursos legais de negociação, como juizados de pequenas causas, para valores até 20 salários mínimos, sem advogado, ou até 40 salários mínimos, com advogado. Muitas vezes, é possível recorrer a um defensor público.

O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) recomenda que, para evitar o endividamento, a pessoa jamais comprometa mais de 30% de sua renda familiar mensal com empréstimos. Mais que isso irá tornar difícil arcar com as despesas do dia a dia.

Além disso, todo e qualquer financiamento ou compra a crédito deve ser anotado com as datas para que haja dinheiro para pagar as prestações, lembrando sempre que o valor deve estar previsto no orçamento mensal.

Você vai se interessar por:

Conheça os tipos de dívidas mais comuns e cuide das suas finanças

Dificuldades financeiras são chance para aprender com os próprios erros

As finanças tiram o seu sono? Entenda como o reiki pode ajudar

Seu nome, seu maior patrimônio

Ao deixar as dívidas se acumularem, uma das principais implicações é parar numa lista de inadimplentes e ficar com o nome sujo na praça. Para evitar esse quadro, é importante monitorar seu CPF.

Já imaginou um serviço que alerta cada vez que houver consultas ou movimentações em seu CPF? Entre as funções do Vivo Alerta CPF, está o envio de um SMS ao cliente toda vez que ocorrer uma alteração no status do seu nome nas bases de dados da Serasa Experian, toda vez que uma empresa consultar o nome do cliente nas bases de dados da Serasa e ainda quando o seu nome estiver prestes a ser negativado.

Além disso, o cliente recebe exclusivas dicas antifraude e pode visualizar o relatório completo sobre o seu CPF.

> Vivo Alerta CPF: Receba alertas via SMS sempre que houver consultas a seu CPF

Que tal recorrer à terapia financeira? Deixe um comentário.

sair da casa dos pais
vale a pena economizar
vale a pena pegar empréstimo
emprestimo urgente para negativado
erros financeiros comuns
como aprender com erros de finanças