Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Telefone molhou? Ideia inovadora mostra como secar celular

A- A+

Quem já molhou o smartphone, deixando um copo d’água cair sobre ele, por exemplo, sabe que isso pode prejudicar o desempenho ou até inutilizá-lo por completo. Para amenizar os danos ao aparelho, uma empresa norte-americana de reparos eletrônicos lançou uma ideia inovadora sobre como secar celular. Trata-se de uma máquina sugadora de água.

TekDrySegundo a TekDry, a invenção pode secar internamente um aparelho celular em até 20 minutos.

O serviço custa US$ 70 e sua taxa de sucesso é de até 80%, desde que o usuário leve o telefone em até 48 horas depois do ocorrido. Caso ele não volte a funcionar mesmo após a secagem, o dinheiro é devolvido.

Por enquanto, o serviço é realizado somente em alguns locais dos Estados Unidos. Até a novidade chegar no Brasil, é preciso adotar técnicas alternativas para secar seu celular. Mas elas também podem ser eficazes.

Como secar celular que caiu na água

Se o seu celular caiu na água, é preciso entender que não há uma fórmula mágica para resolver o problema. Mas a agilidade é fundamental para diminuir os danos. Veja o que fazer:

– Ao retirar o telefone da água, tire sua bateria ou, se isso não for possível, desligue o aparelho

– Na sequência, seque também o cartão SIM e todo o resto do aparelho com papel toalha

– Depois, é preciso secar os acessórios vitais para o bom funcionamento do celular: bateria, entradas e conectores

– Por fim, leve o aparelho a uma assistência técnica autorizada.

Uma empresa norte-americana de reparos eletrônicos lançou uma ideia inovadora sobre como secar celular.

Ao ter contato com líquidos, aparelho pode ser inutilizado se nada for feito. Foto: Shutterstock

Prevenir acidentes é a melhor dica

Apesar de existirem maneiras de diminuir os danos do contato de líquidos com o celular, as ações mais eficazes apontam para a prevenção desse tipo de acidente.

A primeira delas remete a um acessório bem mais barato que os celulares à prova d’água: as capinhas protetoras são muito eficientes contra incidentes molhados.

Existem diferentes tipos de capas, feitas por diversos fabricantes, para variados usos. Algumas delas, seladas a vácuo, com custo de R$ 150 a R$ 300, garantem uma proteção maior e são anunciadas como opção até para quem vai mergulhar. Outras, mais simples, com preço de até R$ 100, são vedadas e ajudam quem vai realizar atividades perto da água, como uma pescaria.

De qualquer forma, é importante, antes de adquirir uma proteção como essa, entender que a maioria dos fabricantes de capas não asseguram a reparação do aparelho em caso de acidente.

Você vai se interessar por:

Proteção para o seu celular

Para evitar o prejuízos financeiros decorrentes de queda na água, o mais recomendado é contratar um seguro para o seu smartphone. O Vivo Multiproteção Celular oferece proteção para aparelhos novos, em caso de roubo ou furto qualificado e cobertura adicional contra danos materiais ao celular.

Você também concorre a sorteios mensais de R$ 10 mil.

> Vivo Multiproteção Celular: Proteja seu aparelho contra roubo, furto, quebra e imersão em água

Sabe como secar celular de forma prática? Deixe seu comentário com a dica.

queda do dólar
vale a pena comprar celular top de linha
viajar para a China
viajar para a Tailândia
juros cobrados no cartão de crédito
smartphone com maior tela