Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

TED x DOC: saiba as diferenças entre as transferências

A- A+

Quando é preciso fazer uma transferência eletrônica de dinheiro de um banco para outro, o cliente conta com duas opções: TED x DOC. Siglas para Transferência Eletrônica Disponível (TED) e o Documento de Ordem de Crédito (DOC), as duas têm a mesma finalidade, mas o correntista precisa estar atento, já que elas têm características distintas. A escolha da melhor opção vai depender da urgência e também da quantia a ser transferida.

O DOC é a opção usada para transferir valores entre bancos até o limite de R$ 4.999,99. Usando a alternativa, o cliente precisa saber também que a quantia não cairá na conta do destinatário na hora: por ser um documento de crédito, similar a um cheque, o valor só chegará ao destino no dia seguinte ao da operação.

TED x DOC

Melhor opção vai depender da urgência e valor transferido. Foto: iStock, by Getty Images

 

Já a TED é a modalidade para quem precisa transferir dinheiro na hora para outra conta. Além da instantaneidade, outra entre TED e DOC está nos valores. Para usar a opção, o cliente deve transferir ao menos R$ 500.

“Com a TED, o cliente não precisa sacar em espécie para fazer a transferência, basta acessar o Internet Banking ou outros canais eletrônicos de auto-atendimento para efetuar a operação”, explica Walter de Faria, diretor adjunto de operações da Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

TED x DOC: TED em expansão

Em janeiro de 2015, a Febraban diminuiu para R$ 500 o valor mínimo de transferências via TED. No ano anterior, o total estava em R$ 750. A queda na quantia mínima para operações pela modalidade é uma estratégia da federação para ampliar o seu uso.

Quando foi criada, em 2002, a TED só era usada em transferência de ao menos R$ 5 milhões. O valor caiu para R$ 5 mil no ano seguinte e sucessivamente até a marca estipulada em janeiro. Com isso, a sua participação no número de transferências eletrônicas subiu de 28% em 2009 para 46% do total de operações realizadas em 2013.

“Os bancos estão trabalhando para que haja mais uma redução no limite da TED ainda este ano”, estima Faria.

TED x DOC no pacote de serviços

Para realizar uma TED ou um DOC, o banco normalmente cobra uma tarifa. Em alguns pacotes de serviços, as instituições oferecem uma determinada quantidade de transferências nas modalidades dentro do valor já cobrado na tarifa mensal.

Para saber os preços cobrados por cada banco, o cliente pode acessar o site da Febraban. Lá, o consumidor encontrará uma ferramenta que permite comparar os valores pedidos por cada instituição.

Tarifa vira bônus na Vivo

Se você é cliente Vivo e possui uma conta tarifada nos bancos Santander, Itaú, Bradesco, Banco do Brasil ou Banrisul, pode transformar o valor pago mensalmente pelo pacote de serviços em mais minutos para ligações no seu Vivo Móvel Pré, Pós ou Controle, além de muitos outros benefícios.

Para acionar o serviço, acesse o site ou entre em contato com um dos canais de comunicação do seu banco e aproveite mais essa vantagem da Vivo.

> Conta Bônus: Transforme tarifas bancárias e anuidade do cartão em bônus para o celular

Gostou das informações sobre TED x DOC? Deixe seu comentário.

quando vale a pena comprar título de capitalização
como lucrar vendendo cachorro quente
como lucrar vendendo bolo no pote
como abrir uma franquia de alimentos
como abrir uma empresa de coleta de entulho
como se relacionar com as pessoas no ambiente de trabalho