Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

TED deixou de ter valor mínimo: conheça os detalhes

A- A+

Surge um imprevisto e você precisa fazer uma transferência com urgência para um familiar localizado em outro estado. Você acessa o internet banking, mas percebe que a TED, operação que permite transferir valores no mesmo dia, possui um valor mínimo para ser efetuada. Já aconteceu com você? Agora, esse problema acabou.

Valor mínimo para a TED foi eliminado

Criada em 2002, a Transferência Eletrônica Disponível (TED) tem o objetivo de proporcionar mais agilidade ao sistema financeiro brasileiro, permitindo a movimentação de valores entre bancos diferentes. No início de sua operação, há 14 anos, o valor mínimo era de R$ 5 milhões. Pouco acessível, certo?

Com o tempo, à medida que sistema bancário evoluía, os limites foram reduzidos e a TED caiu no gosto da população, em virtude da agilidade com que o dinheiro é movimentado. A participação no número de transferências eletrônicas subiu de 28% em 2009 para 46% do total de operações realizadas em 2013.

valor mínimo

Com mudanças no TED, DOC pode perder espaço entre os correntistas. Foto: iStock, Getty Images

Até 2015, o limite mínimo para a operação era de R$ 250,00, mas, em 2016, a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) anunciou que a emissão de TED deixará de ter valor mínimo. A medida começou a valer no dia 15 de janeiro.

Confira a cronologia da queda no limite mínimo estipulado, de acordo com a Febraban:

  • 2002: R$ 5 milhões
  • 2003: R$ 5 mil
  • 2010: R$ 3 mil
  • 2012: R$ 2 mil
  • 2013: Mil reais
  • 2014: R$ 750
  • 2015: R$ 250
  • 2016: 0

As tarifas para a transação variam de banco para banco, e os preços praticados podem ser consultados no Sistema de Divulgação de Tarifas de Serviços Financeiros (STAR), no site da Febraban.

TED ou DOC?

Motivo frequente de dúvidas entre os correntistas, as transferências DOC e TED possuem particularidades quanto aos valores máximos e as datas de compensação. Se você não compreender as vantagens de cada operação, não conseguirá tomar a melhor decisão.

Para facilitar sua vida, vamos simplificar: enquanto o DOC (Documento de Crédito) exige um dia de espera para que a transferência seja concluída, a TED permite movimentar o dinheiro no mesmo dia.

Isso acontece porque, assim como ocorre com os cheques, o dinheiro transferido por DOC passa pelo Serviço de Compensação de Cheques e Outros Papéis (Compe) antes de ser creditado na conta de destino.

O valor máximo de um DOC é de R$ 4.999,99, enquanto a TED, agora, não possui limite máximo ou mínimo. Por isso, a tendência é de que o DOC perca espaço entre os correntistas e tenha as tarifas diminuídas pelos bancos.

Você vai se interessar por:

Economize nas tarifas bancárias

Quer mais vantagens? Transforme as tarifas em benefícios. Os valores mensais que você paga ao banco ou às operadoras de cartão de crédito podem ser convertidos em bônus de ligações. Com o Conta Bônus, em até 10 dias úteis após o débito da tarifa, o valor é revertido integralmente para você.

> Conta Bônus: Transforme tarifas bancárias e anuidade do cartão em bônus para o celular

Gostou da extinção do valor mínimo do TED? Deixe seu comentário.

quando vale a pena comprar título de capitalização
como lucrar vendendo cachorro quente
como lucrar vendendo bolo no pote
como abrir uma franquia de alimentos
como abrir uma empresa de coleta de entulho
como se relacionar com as pessoas no ambiente de trabalho