Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Previdência privada: preste atenção a taxas antes escolher

A- A+

Você sabia que a juventude é a época ideal para se pensar na aposentadoria? Se você é jovem e gosta de estar prevenido sempre, apostar em um plano de previdência privada pode ser opção. O instrumento, contudo, divide opiniões de especialistas quando o assunto é garantir uma renda extra para o futuro.

Enquanto alguns preferem alternativas de mercado que possibilitem ganhos maiores, outros entendem que o importante é a pessoa poupar, mesmo que através de um plano de previdência complementar, como também são chamados.

previdência

Para garantir um futuro melhor, avalie todos os investimentos disponíveis. Foto: iStock, Getty Images

A decisão por investir na previdência

Se você for uma pessoa atenta ao mercado financeiro, talvez o melhor seja investir em outros produtos que não a previdência para conseguir um rendimento um pouco melhor. O prudente é avaliar com cautela onde aplicará o seu dinheiro. É o que recomenda Juliano Custodio, assessor financeiro do EuQueroInvestir.com.

“Correndo o risco de ser demasiadamente simplista, eu diria que, partindo do princípio que você entende o funcionamento dos Títulos do Tesouro, por exemplo, se você é disciplinado, faça sua aposentadoria comprando Títulos do Tesouro. Mas se você não tem disciplina, escolha a previdência, pois ela funciona por débito em conta e você vai poupar automaticamente”, explica.

Por um ponto de vista semelhante vai Rafael Seabra, que em seu blog Quero Ficar Rico defende que planos de previdência privada, em sua maioria, só são financeiramente vantajosos para o banco.

“Quando comparamos o investimento em títulos públicos com um plano de previdência privada conservador, o segundo costuma perder ‘feio’ em termos de rentabilidade”, diz. “O benefício fiscal tão comentado nada mais é que um adiamento do pagamento do imposto e que, no final das contas, não compensa por conta das desvantagens deste investimento”, garante.

Ainda segundo Custodio, outro fator a ser levado em conta em relação ao comparativo entre Títulos do Tesouro e planos de previdência privada são as taxas. “Os planos de previdência mais comuns simplesmente compram NTN-Bs (títulos do governo) e cobram cerca de 2% a 4% ao ano por um serviço que você mesmo pode fazer, custando 0,4% a 0,8% ao ano”, esclarece.

Pensar na previdência é planejar o futuro

Seja através de um plano de previdência ou de outro investimento, planejar o futuro e a aposentadoria é algo que todo jovem deveria fazer, dependem especialistas. Segundo Alfredo Meneghetti, professor de Economia da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), de cada três aposentados no Brasil, dois estão de volta ao mercado de trabalho por não terem construído conhecimento sobre o futuro através de finanças pessoais.

Na mesma linha, Evaldo Alves, professor da Escola de Economia de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (EESP-FGV), detecta que o brasileiro não se prepara na questão previdenciária e só se preocupa com ela com o avançar da idade. “Se você poupou, vai ter uma boa aposentadoria. Não adianta pensar nisso só no momento em que percebe que o ânimo já diminuiu”, alerta.

Para que essa regra se torne exceção, muitos especialistas entendem que a previdência pode ser uma boa opção investimento na juventude. Ainda que com desvantagens, como a cobrança de taxas de administração e de carregamento, a segurança dos produtos atuais acaba servindo de compensação.

“Os planos de previdência privada são uma forma específica de investimentos voltados para acumulação de recursos a longo prazo e são contratados junto a seguradoras (ligadas a bancos ou não) e, por isso, têm toda uma legislação especial. Eles são auditados e regulamentados pela Susep, o que se traduz em uma segurança extra em relação aos fundos de investimentos”, finaliza Custodio.

Tarifa bancária pode virar bônus

Quer conhecer uma outra forma de lucrar? Se você é cliente Vivo e correntista do Santander, Itaú, Bradesco, Banco do Brasil ou Banrisul, pode transformar o valor pago mensalmente pelo pacote de tarifas em mais minutos para ligações no seu celular, além de aproveitar outros benefícios. Para acionar o serviço Conta Bônus, entre em contato com um dos canais de comunicação do seu banco e aproveite mais essa vantagem.

> Conta Bônus: Transforme tarifas bancárias e anuidade do cartão em bônus para o celular

Gostou das dicas sobre previdência? Deixe seu comentário.

Planejando a aposentadoria de pessoa com deficiência
como lucrar vendendo cachorro quente
como lucrar vendendo bolo no pote
viagens econômicas pela Europa
como lidar com a avareza
o que é previdência complementar