Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Tabela SAC ou Price: descubra qual modalidade tem menos juros

A- A+

Os cálculos de juros nem sempre são simples de fazer. Na hora de escolher entre as tabelas SAC ou Price, é  bem difícil – ou praticamente impossível – chegar a uma decisão certeira sem ter um mínimo de conhecimento. O resultado, muitas vezes, é que você financia um bem sem fazer o melhor negócio para o seu bolso.

Antes de mais nada, é importante saber que nem sempre o consumidor pode escolher. Dependendo do investimento que será realizado, é necessário se sujeitar à tabela utilizada por quem concede o crédito, ou seja, pelo banco.

Conforme o tipo de operação – financiamento, leasing, entre outros – também muda a tabela preferencial das instituições financeiras. Mas é sempre importante confirmar antes de assinar qualquer tipo de contrato e, nessas horas, entender os detalhes do processo ajuda bastante.

Decidindo entre SAC ou Price

SAC costuma ser mais atrativa em financiamentos longos, como em imóveis. Foto: iStock, Getty Images

SAC ou Price: entenda as diferenças

Se você tem a possibilidade de escolher e está em dúvida entre SAC ou Price, comece entendendo o peso que cada modalidade exerce no seu bolso. Via de regra, a tabela SAC acaba saindo em torno de 10% mais barata.

A sigla SAC significa Sistema de Amortização Constante, que indica um empréstimo que é abatido de forma decrescente. Sua principal característica é que as parcelas têm o valor reduzido à medida que o tempo passa.

Dessa forma, a primeira prestação é a mais cara e, como se paga menos juros sobre as demais, o valor vai diminuindo gradativamente. Esta tabela é bastante utilizada nos financiamentos imobiliários.

Já a tabela Price mantém um valor constante da prestação. Também conhecida como Sistema Francês, as parcelas são cobradas em valores fixos e a amortização do valor principal é cobrada de forma crescente. Bastante usada na venda de veículos, uma de suas vantagens é que o primeiro pagamento geralmente é menor.

Por qual optar: SAC ou Price?

Entre SAC ou Price, por qual optar? Conforme especialistas, não é uma questão apenas de tabela. Antes de bater o martelo, é preciso informar-se sobre o Custo Efetivo Total – que inclui os outros encargos e o valor real do bem. Só assim o consumidor saberá se vale a pena ou não fechar o negócio.

Há economistas que afirmam que ambas as tabelas – SAC e Price – são equilibradas matematicamente e que nem sempre há uma clara vantagem em comparação à outra. Se for avaliar um financiamento no mesmo valor, a SAC sempre sairá mas barata. Mas isso não significa vantagem.

Devido à metodologia da tabela SAC (que exige uma parcela maior no início) é natural que os juros sobre o montante da dívida sejam menores. Este é o único motivo pelo qual o valor é reduzido.

Via de regra, a SAC é utilizada para a compra de imóveis por se tratar de financiamentos muito longos. Nesse caso, a partir de um determinado tempo, o valor da prestação torna-se mais barato que um aluguel – o que representa uma vantagem ao comprador.

Já na comercialização de carros, a Price oferece maior apelo comercial em função das parcelas fixas.

Você vai se interessar por:

Monitore o seu CPF

Se você possui dívidas ou pretende fazer um investimento que o colocará na situação de endividado é preciso conhecer o Vivo Alerta CPF.

Entre as suas funções, está o envio de um SMS ao cliente toda vez que ocorrer uma alteração no status do seu nome nas bases de dados da Serasa Experian, toda vez que uma empresa consultar o nome do cliente nessa base de dados e ainda quando o seu nome estiver prestes a ser negativado.

Além disso, o cliente recebe exclusivas dicas antifraude e pode visualizar o relatório completo sobre o seu CPF.

> Vivo Alerta CPF: Receba alertas via SMS sempre que houver consultas a seu CPF

E você, com qual tabela fica? SAC ou Price? Comente e compartilhe as dicas!

sair da casa dos pais
vale a pena economizar
vale a pena pegar empréstimo
emprestimo urgente para negativado
erros financeiros comuns
como aprender com erros de finanças