Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Solicitação de visto para o Canadá terá mudanças em 2016

A- A+

Seja para fazer um curso de inglês, para esquiar ou ver a aurora boreal em 2016, é melhor estar atento. A solicitação de visto para o Canadá terá alterações a partir do segundo trimestre e, em alguns casos, o procedimento poderá ser realizado de forma eletrônica.

Para esquiar, é preciso ter o visto para o Canadá

Inverno canadense oferece paisagens perfeitas para a prática do esqui. Fotos: iStock, Getty Images

O que muda no visto para o Canadá

As mudanças serão somente para pessoas que já solicitaram visto para o Canadá ou para os Estados Unidos nos últimos dez anos. Nesses casos, o programa de Autorização Eletrônica de Viagem (eTA) poderá ser utilizado.

A alteração promete agilizar os serviços de autorização de entrada no país. A melhor parte é que o visto eletrônico é gratuito.

Atualmente, é necessário fazer a solicitação também online, mas a resposta do governo canadense tem um prazo de 30 dias para ser emitida. O valor varia conforme a natureza da viagem – estudos, trabalho, turismo ou outras finalidades.

É válido lembrar que a eTA será emitida somente para chegadas por via áerea. Depois de obtê-la, o viajante poderá ter acesso a outras informações do site que são úteis para sua estada. Somente em fevereiro deste ano, o número de brasileiros fazendo turismo no Canadá chegou a 6,3 mil, conforme a Comissão Canadense de Turismo.

Principais cidades do Canadá

Se você já está com a passagem comprada ou mesmo se está cogitando uma viagem à América do Norte, além de encaminhar o visto para o Canadá, é bom já ir conhecendo as suas principais cidades.

Vancouver

É uma das poucas cidades do mundo cuja paisagem é raríssima: enquanto de um lado se vê as montanhas, do outro, é possível enxergar o mar. Por isso, apesar do clima cosmopolita, os prédios têm limite de altura para não prejudicar a visão do entorno. É também a sede do Stanley Park, considerada a maior área verde da América do Norte.

Além disso tudo, tem uma noite agitada – próprio para quem curte balada. A Granville Street reúne inúmeras danceterias, bares e pubs. Diferente do Brasil, as festas começam cedo, por volta das 21 horas, e vão (no máximo) até às 3 horas.

Para conhecer Vancouver, é preciso ter o visto para o Canadá

Ottawa

Apesar de ser a capital do país, é considerada uma das mais acessíveis em termos financeiros. É uma das mais procuradas para morar, em função da excelente qualidade de vida, mas é também uma metrópole, reunindo as mais diversas embaixadas e consulados, além de dar espaço à cultura e à inovação tecnológica.

Para conhecer Ottawa, é preciso ter o visto para o Canadá

Toronto

Considerada a maior cidade do Canadá e também uma das que oferece maior padrão de vida. Além de ser multicultural – reunindo pessoas das mais diversas etnias e religiões – oferece uma diversidade de opções de lazer, com passeios, baladas, shows, restaurantes e exposições. De junho a setembro, no verão canadense, há muitos atrativos voltados à juventude.

Para conhecer Toronto, é preciso ter o visto para o Canadá

Você vai se interessar por:

Encontre a passagem pelo melhor preço

Quer pagar menos em sua viagem para o Canadá? Um comparador de preços pode ser a solução. No Vivo Compras, é possível buscar os produtos por filtro e comparar antes de fechar o negócio. No site, você encontra desde eletrônicos, artigos de moda e decoração, até pacotes de turismo.

> Vivo Compras: Encontre os melhores preços para suas compras

Você tem uma boa dica sobre visto para o Canadá? Deixe seu comentário.

Comprar tablet
Mulher entende o que é carnê-leão
Comprar smart tv
micro-ondas ou forno elétrico
geladeira com freezer ou congelador
vale a pena comprar produtos da apple