Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Smartphone Redmi 2 chega ao Brasil por R$ 499; conheça

A- A+

Conhecida como a Apple chinesa, pelo design clean e a alta tecnologia implantada em seus aparelhos, a fabricante asiática Xiaomi acaba de chegar ao Brasil. O Redmi 2, modelo que marca a estreia da marca no país, recebeu boas avaliações de especialistas em tecnologia e conta com um detalhe importante para atrair o consumidor: o preço. Com alto desempenho por R$ 499 é o início de uma forte concorrência em terras brasileiras.

Redmi 2: a venda

A estratégia agressiva de venda do Redmi 2, em uma tentativa de conquista rápida de espaço no mercado nacional, parece ter dado certo. Nas primeiras horas, o lote de 1 mil telefones disponibilizados pela Xiaomi foi completamente esgotado. Em menos de 24 horas de existência da asiática no país, mil brasileiros já haviam garantido o seu aparelho.

Foto: Divulgação

Brasileiro Hugo Barra, vice-presidente Internacional da Xiaomi, apresenta as novidades da companhia em evento em São Paulo. Foto: Divulgação

“Nosso estoque do Redmi 2 se esgotou completamente, apesar dos problemas técnicos que enfrentamos nesse primeiro Evento de Vendas Online”, afirmou a companhia em nota divulgada no primeiro dia de vendas do aparelho, em 7 de julho.

Você vai se interessar por:
Smartphone quebrou? Saiba como recuperar arquivos no Android
Compare quatro modelos de smartphone com Android para o seu perfil
Smartphone modular? Uma das apostas de tendências para celulares

A empresa afirma que já há novas datas programadas para a comercialização de novos lotes do Redmi 2. Segundo a Xiaomi, o dia 7 de julho foi um experimento, que seria aprimorado durante uma semana. Para conseguir o telefone, os interessados precisariam de um registro no sistema da marca, que garantia o acesso à tela de compras.

A ficha técnica do Redmi 2

Com sistema operacional Android, em uma carcaça leve como a de um iPhone, o Redmi 2 chamou a atenção dos aficionados por tecnologia no Brasil. Muitas das características do aparelho o transformam quase em um top de linha. O tamanho da tela, por exemplo, ajuda a elevar as posições do aparelho dentro da sua categoria. São 4,7 polegadas.

Foto: Divulgação

Muitas das características do aparelho o transformam quase em um top de linha. Foto: Divulgação

A resolução do visor também conta pontos a favor do smartphone chinês. São 1280 x 720 pixels. Mas são as possibilidades de conectividade que fazem dele um potencial concorrente para as gigantes da tecnologia. O sistema LTE 4G está à frente da maior parte dos telefones que ocupam essa faixa de preço. Além disso, a capacidade para dois chips 4G também atrai.

O aparelho tem ainda processador Qualcomm Snapdragon 410 com 1.2-GHz e 1 GB de memória RAM. O aparelho conta também com leitor multimídia e ferramenta embutida de videoconferência. A câmera, com resolução de 8 megapixels, permite que o Redmi 2 tire fotos em 3264 x 2448 pixels e grave vídeos em Full HD, com resolução de 1920 x 1080 pixels, um valor relativamente alto para a categoria.

A memória de 8 GB atende às expectativas da categoria, mas ele conta com slot para cartão microSD, que garante possibilidade de expansão de memória para até 32 GB. O Redmi 2 ainda conta com rádio FM.

> Proteção Celular: Conheça o seguro contra roubo e furto do aparelho

Gostou das dicas de Redmi 2? Cadastre-se e receba nossa newsletter.

vale a pena comprar celular muito barato
Homem comunica bloqueio de celular roubado
Homem comunica IMEI bloqueado
Digno Rafre é celular à prova d'água
Smartphone para crianças da Positivo
Mulher com iPhone bloqueado