Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Smartphone modular? Uma das apostas de tendências para celulares

A- A+

A câmera do telefone quebrou? Troque o bloco superior. O processador é muito lento? Adicione mais um bloco na lateral. A tela quebrou? Remova essa e encaixe outra. Pode parecer loucura, mas esse é o futuro da tecnologia do smartphone modular. O projeto, encabeçado pelo Google, pretende criar aparelhos montáveis, que possam ser customizados pelo próprio usuário.

Smartphone modular: o que o ARA promete

Em 2011, o Google comprou o braço de criação de aparelhos da Motorola e levou, no negócio, todas as subsidiárias de desenvolvimento da empresa. Quando, em 2014, a gigante da tecnologia vendeu a Motorola para a Lenovo, manteve para si apenas uma parte: a ATAP, setor responsável por desenvolver tecnologias avançadas e que fez o smartphone modular se tornar uma realidade.

seudinheiro-smartphone-modular

Google classificou o seu smartphone modular como “o último telefone que você precisará comprar”. Foto: Google, Divulgação

A ideia inicial vem de um projeto chamado PhoneBlocks. Ele não é um produto, é um conceito que encoraja os consumidores da indústria de tecnologia a apoiarem o desenvolvimento do smartphone modular. Segundo o analista de tecnologia Mike Elgan, esse projeto foi desenvolvido pensando no gasto e no desperdício de trocar todo um aparelho em função de um único dano.

Você vai se interessar por:
Veja dicas para comprar smartphone barato
Compare quatro modelos de smartphone com Android para o seu perfil
Smartphone barato não é mais sinônimo de má qualidade

O Google e seu departamento de Tecnologia e Projetos Avançados desenvolveram as ideias dos PhoneBlocks e criaram o projeto ARA, que se torna uma realidade em 2015. No smartphone modular do Google, os usuários terão a liberdade de criar um aparelho do seu jeito. Quer um som mais potente? Encaixe um alto-falante maior. Quer imagens melhores? Troque a câmera.

O Google classificou o seu smartphone modular como “o último telefone que você precisará comprar”. A ideia é criar também um aparelho que não precisará ser trocado. A base de encaixe dos módulos e blocos tem durabilidade de 10 anos. Assim, você pode seguir atualizando o seu telefone sempre que julgar necessário, sem precisar comprar um modelo inteiramente novo.

O ARA chega ao mercado ainda neste ano, tendo Porto Rico como o primeiro país de venda. Segundo o Google, a ideia é utilizar o alto índice de acessos à internet através do celular que existe no país para impulsionar as vendas. Os aparelhos serão vendidos em pequenos caminhões de food truck, adaptados como pequenas lojas de telefones.

Acessórios: além do smartphone modular

Mas, talvez, a fixação de um smartphone modular no mercado ainda esteja distante. Ela exigiria uma reformulação em toda a forma de pensar a tecnologia móvel, conforme o pensamento de Mike Elgan. Uma solução mais próxima seria criar acessórios que se encaixam em telefones já existentes e fornecem algumas melhorias para o aparelho.

Projetos como o Nexpaq estão focando seus investimentos na criação de cases inteligentes. Já desenvolvido para iPhone 6 e Galaxy S5 e S6, a capa vem com 6 slots dos 12 que já foram criados pela empresa. Entre eles estão um auto falante extra, um ventilador, um módulo USB, uma bateria extra e uma ponteira laser.

O futuro da tecnologia modular também pode estar intimamente ligado aos wearable gadgets, a tecnologia vestível. A Blocks Wearable, por exemplo, criou os blocks smartwatches, relógios inteligentes, feitos por slots e blocos que, unidos, conferem capacidades e funções ao aparelho. Processadores e plugs de áudio estão na lista dos blocos já criados.

Proteção para o seu celular

Você sabia que pode evitar o prejuízo financeiro em caso de roubo, quebra e outros acidentes com o seu celular? O Vivo Multiproteção Celular oferece proteção para aparelhos novos, em caso de roubo ou furto qualificado e cobertura adicional contra danos materiais ao celular.

> Vivo Multiproteção Celular: Proteja seu aparelho contra roubo, furto, quebra e imersão em água

Gostou das dicas para Smartphone modular? Compartilhe!

queda do dólar
vale a pena comprar celular muito barato
viajar para a China
viajar para a Tailândia
juros cobrados no cartão de crédito
como lidar com a avareza