Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Simular financiamento prepara o bolso para aquisição em parcelas

A- A+

Financiar a compra da casa própria, de um carro ou de qualquer patrimônio de maior valor, é a saída encontrada por quem quer realizar o sonho em curto prazo, mas não tem renda disponível para isso. Para fazer o melhor negócio para o bolso, no entanto, simular financiamento, suas taxas, valores e prazos, se torna indispensável.

Por que simular financiamento

A recomendação dos educadores financeiros é que o bem seja comprado à vista, sem gerar endividamento. Na maioria das vezes, isso ainda possibilita descontos, o que é ótimo. Mas se para você o valor total é inalcançável, recorrer ao crédito é a saída e simular financiamento se torna a melhor maneira de se preparar.

Através dessa ferramenta, normalmente disponibilizada em sites de instituições bancárias e financeiras, é possível estabelecer prazos e valores de parcelas que cabem no seu bolso, comparando taxas e demais condições para escolher o melhor banco para o seu caso.

Mulher aprendendo a simular financiamento

Pela internet, comprador consegue planejar o valor das parcelas do financiamento. Foto: Shutterstock.

Como simular financiamento

Entre os tipos de financiamentos mais comuns ofertados no mercado estão o automotivo e o residencial.

O primeiro tem uma taxa de juros estimada que varia entre 13,63% e 61,53% ao ano. Já quem quer financiar sua casa própria deve arcar com juros anuais na casa de 9,07% até 18,36%, segundo levantamento do Banco Central. Veja como proceder em casa caso.

Financiamento de veículos

O simulador de financiamento permite que você calcule as prestações e as taxas de juros do saldo devedor. Mas a informação que mais deve ser levada em conta é o chamado CET, Custo Efetivo Total da negociação.

Esse valor engloba a cobrança dos encargos, como cadastro para início do relacionamento entre credor e devedor e a incidência do IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) na transação.

Financiamento da casa própria

Da mesma forma como ajuda no financiamento do veículo, o simulador também auxilia a garantir as melhores condições na compra da sua casa própria.

Com ele, a partir da sua capacidade de pagamento, é possível estipular a prestação máxima que o seu bolso pode comportar. Em seguida, a ferramenta estabelece sugestões de prazos, de acordo com o valor do imóvel desejado.

Para isso, o simulador habitacional solicita alguns dados, como renda mensal, data de nascimento e localização do imóvel. Esses critérios são importantes, pois ajudam a determinam a sua capacidade de pagamento em termos financeiros e de tempo.

Seja carro ou seja casa, simular financiamento é a melhor maneira de se programar e não descuidar do seu orçamento. Financiar um bem é um passo importante na vida de qualquer pessoa e, por isso, merece toda atenção.

Você vai se interessar por:

Confira quais cuidados você deve ter ao financiar carro

Funding imobiliário é utilizado por bancos para financiar sua casa própria

Entenda quando recorrer ao financiamento para adquirir imóvel ou veículo

CPF protegido, nome limpo

Depois de simular financiamento e encontrar a instituição que tem as melhores condições, é hora de partir para ação e falar com o gerente. Mas para conseguir o empréstimo, é fundamental estar com o nome longe da lista de negativados. Já imaginou um serviço que alerta cada vez que houver consultas ou movimentações em seu CPF?

Entre as funções do Vivo Alerta CPF, está o envio de um SMS ao cliente toda vez que ocorrer uma alteração no status do seu nome nas bases de dados da Serasa Experian, toda vez que uma empresa consultar o nome do cliente nessa base de dados e ainda quando o seu nome estiver prestes a ser negativado.

Além disso, o cliente recebe exclusivas dicas antifraude e pode visualizar o relatório completo sobre o seu CPF.

> Vivo Alerta CPF: Receba alertas via SMS sempre que houver consultas a seu CPF

Pronto para simular financiamento? Deixe seu comentário.

sair da casa dos pais
vale a pena economizar
vale a pena pegar empréstimo
emprestimo urgente para negativado
erros financeiros comuns
como aprender com erros de finanças