Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Seu celular caiu na água? Veja o que fazer

A- A+

A umidade é um dos piores vilões para o funcionamento de celulares. Mais ainda para smartphones. Por isso, assim que você perceber que seu celular caiu na água, é preciso tomar atitudes para tentar salvar o que restou. Mesmo que a sensação seja de desespero, principalmente para quem utiliza o telefone como armazenamento para os itens mais importantes de sua vida profissional e pessoal, não se pode agir por impulso.

Celular caiu na água: o que fazer

Antes de tomar qualquer atitude, é preciso saber que não existem fórmulas mágicas que possam ser adotadas se o celular caiu na água. É preciso ter muito cuidado com as técnicas utilizadas para retirar a umidade. A agilidade também é fundamental. Quanto mais tempo o aparelho ficar em contato com a água, mais profundos serão os danos causados.

Passo a passo:

1 – Primeiro, retire o telefone da água e tire sua bateria ou, se isso não for possível, desligue o aparelho. A água é um condutor elétrico e pode causar um curto-circuito no dispositivo.

Pode ser possível recuperar seu celular danificado. Foto: iStock, by Getty Images

Em alguns casos, é possível recuperar o celular que caiu na água. Foto: iStock, Getty Images

2 – Retire também o cartão SIM, já que é nele que estão armazenadas suas principais informações. Seque o aparelho com uma toalha ou um papel absorvente, retirando qualquer resquício visível de umidade.

3 – Depois disso, é preciso secar a bateria do aparelho, a entrada de fones de ouvido e o conector do carregador de bateria. Não use aspirador de pó nem secador de cabelo para essa tarefa: a temperatura e a intensidade do jato podem danificar e derreter as estruturas do telefone que a umidade ainda não tiver atingido.

4 – Depois de deixar secar, o ideal é  levar o aparelho a uma assistência técnica autorizada assim que possível. O processo de limpeza, que inclui secagem e remoção da oxidação, custa a partir de R$ 50 para os modelos mais simples.

Por que estraga o celular que caiu na água

As estruturas dos aparelhos telefônicos não são resistentes à ação da umidade. Por isso, se o seu celular caiu na água, é provável que alguma parte dele sofrerá danos, mesmo que sejam mínimos. Até mesmo os telefones à prova d’água, se não estiverem bem fechados e montados, podem ser seriamente danificados pela ação da água.

Os celulares funcionam através de sistemas eletrônicos e de condutores e microcondutores impulsos elétricos. A capacidade de condução elétrica da água aumenta a tensão em determinadas partes desse sistema, além de desgastar peças fundamentais para o funcionamento do aparelho. É em função disso que um celular que caiu na água costuma apresentar falhas, seja no display ou na abertura de alguns aplicativos.

Prevenir os acidentes com água é o melhor caminho de proteção do seu celular e dos dados que estão armazenados nele.

Proteção para o seu celular

Você sabia que pode evitar o prejuízo financeiro dessa queda do celular na água? O Vivo Multiproteção Celular oferece proteção para aparelhos novos, em caso de roubo ou furto qualificado e cobertura adicional contra danos materiais ao celular.

> Vivo Multiproteção Celular: Proteja seu aparelho contra roubo, furto, quebra e imersão em água

E você, já passou por essa situação? Deixe seu comentário.

queda do dólar
LG G5 SE ou iPhone SE
vale a pena comprar celular muito barato
viajar para a China
viajar para a Tailândia
juros cobrados no cartão de crédito