Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Serviço de pedreiro: conheça valores e veja dicas para contratar

A- A+

Construção da casa, reforma do piso, expansão da garagem… não há escapatória. Uma hora ou outra, será necessário contratar um serviço de pedreiro. Mas você sabe o que precisa ser avaliado neste momento? Entenda, neste artigo, os principais fatores que devem ser considerados, e descubra quanto a mão de obra pode custar.

Serviço de pedreiro em obra

Qualidade de acabamento deve ser levada em conta na hora de contratar pedreiro. Foto: iStock, Getty Images

Quanto custa o serviço de pedreiro

Para calcular o custo da mão de obra de um pedreiro, é preciso considerar diversos fatores. É impossível determinar um valor único e definitivo, pois o preço varia de acordo com as especificidades da obra ou da reforma em questão. Entre os critérios que interferem no custo da mão de obra, pode-se incluir:

  • Dimensões da obra
  • Condições de acesso e de trabalho
  • Complexidade da execução
  • Oferta e demanda pelo serviço.

Além disso, os valores variam de acordo com a região de atuação do pedreiro. De acordo com levantamento realizado pela startup GetNinjas, a maior plataforma de contratação de serviços do país, o valor médio do metro quadrado para construir uma casa nas cinco regiões brasileiras é o seguinte:

  • Sul: R$ 411,00
  • Sudeste: R$ 398,00
  • Centro-Oeste: R$ 396,00
  • Norte: R$ 369,50
  • Nordeste: R$ 360,90.

Além disso, o método de pagamento também pode variar. Há pedreiros que cobram pelo metro quadrado construído, enquanto outros preferem ser pagos de acordo com o tempo trabalhado (que pode ser definido em horas ou dias). Tudo depende da negociação entre contratante e contratado.

Avalie antes de contratar o serviço de pedreiro

Na hora de contratar um prestador de serviço, não basta apenas comparar os preços indicados por cada profissional. Embora o orçamento seja um indicativo importante para tomar a decisão, também é preciso considerar fatores como qualidade do trabalho e comprometimento.

Se ignorar aspectos como a experiência do profissional, o barato pode sair caro. A frase é clichê, mas ajuda a exemplificar o risco de contratar alguém pouco competente: você paga menos pelo serviço, mas precisará arcar com os prejuízos de um trabalho mal feito – infiltrações, desníveis, rachaduras nas paredes.

Para evitar problemas, a dica é buscar referências da qualidade do serviço prestado pelo profissional com antigos contratantes. Descubra onde ele trabalhou e para quem, e visite esses locais para conhecer a opinião daqueles que se relacionaram com o pedreiro nos seus últimos trabalhos.

Por meio dessa interação, é possível questionar os contratantes a respeito da pontualidade do profissional, seu grau de comprometimento (quantidade de ausências justificadas ou não), capricho no acabamento e zelo pelo patrimônio. Em suma: você descobre se pode confiar no prestador que está prestes a contratar.

Você vai se interessar por:

Assistência para sua casa

Para se proteger de qualquer emergência em sua casa, é importante contar com o serviço Vivo Assistência Casa e Auto. Com ele, você conta com serviços de eletricista e encanador para sua casa, socorro mecânico para seu automóvel e chaveiro para os dois, sempre que precisar, por apenas R$ 5,90 por mês.

> Vivo Assistência Casa e Auto: Garanta socorro em emergências na sua casa

Também tem alguma dica para contratar serviço de pedreiro? Comente!

como abrir uma empresa de coleta de entulho
como abrir uma empreiteira
lareira em apartamento
projeto de arquitetura
parede de vidro
Trabalhando na reforma de casas antigas