Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Senha na tela de bloqueio é proteção insuficiente em caso de roubo

A- A+

Em tempos em que os celulares são companheiros fiéis das pessoas, é natural que sejam eles também os dispositivos em que se armazenam as informações mais confidenciais. O problema é que esses aparelhos eletrônicos podem ser furtados e violados com muita facilidade e a inserção de uma senha na tela de bloqueio pode não ser suficiente para coibir essa violação.

Tela de bloqueio: a insuficiência da senha

O Brasil é um dos países com o maior número de aparelhos de celular ativos do mundo. São 280 milhões de telefones, segundo uma pesquisa da Teleco. Mas são também dispositivos muito visados por assaltantes e muito sujeitos à perda. Por isso, pensar em sistemas de segurança de informação é tão importante por aqui.

Inserir uma senha na tela de bloqueio é uma opção muito eficiente quando você quiser bloquear suas informações do acesso dos seus amigos, namorado, marido ou familiares. Para evitar que alguém mexa no seu telefone e veja o que não deveria, é que existe a opção de bloquear a tela de acesso ao menu.

seudinheiro-tela-de-bloqueio

É importante pensar em medidas de segurança que vão além da senha. Foto: iStock, by Getty Images

Se esse é o seu caso, é importante ficar atento às maneiras de criar uma senha eficiente para utilizar na sua tela de bloqueio. As senhas de números ou códigos são geralmente de quatro dígitos. A indicação das operadoras é que você pense em algarismos que tenham relação com algum item ou data próximos de você, para que não corra o risco de esquecê-la.

Mas também é importante não tentar sequências muito óbvias, como 1234 ou a data do seu aniversário. Essas serão, provavelmente, as primeiras tentativas realizadas pelas pessoas que quiserem acessar o seu telefone. Se essa for a lógica utilizada para a sua senha, ela não terá muito sentido em existir.

O problema é que esse tipo de violação de privacidade é um dos menos comuns quando o assunto é telefonia móvel. O Cadastro de Estações Móveis Impedidas afirma que, no Brasil, há mais de 5 milhões de telefones bloqueadas por perda ou roubo. Nesses casos, quem estiver com o telefone irá resetar as senhas de segurança e acessará o aparelho normalmente.

Tela de bloqueio: proteção além da senha

Por isso é importante pensar em medidas de segurança que vão além da senha na tela de bloqueio. Existem aplicativos que inserem senhas invioláveis em cada um dos aplicativos que você escolher proteger. Mesmo que o telefone seja resetado, aquelas informações só poderão ser acessada mediante a digitação da senha correta.

Outra medida preventiva que vai além da senha na tela de bloqueio é a extração do código Imei do seu telefone. No teclado de discagem, digite *#06# e pressione o botão de discar. Na tela aparecerá uma sequência de dígitos que compõem o código Imei. Através dele, você consegue bloquear o funcionamento do seu aparelho, caso ele seja roubado ou perdido.

Você vai se interessar por:
Saiba como bloquear o seu celular em caso de roubo
Perdeu celular com dois chips? Saiba o que fazer
Saiba do que você precisa para acionar seguro do celular

Se for tarde demais para tomar medidas preventivas, a indicação das operadoras é procurar imediatamente a empresa que realiza a operação do seu aparelho e indicar a linha telefônica, o modelo do aparelho e os seus dados pessoais, para que a conta seja bloqueada. Você também pode se valer de aplicativos de rastreamento em smartphones, que permitem o bloqueio do aparelho.

Proteção para o seu celular

Você sabia que pode evitar o prejuízo financeiro em caso de roubo, quebra e outros acidentes com o seu celular? O Vivo Multiproteção Celular oferece proteção para aparelhos novos, em caso de roubo ou furto qualificado e cobertura adicional contra danos materiais ao celular.

> Vivo Multiproteção Celular: Proteja seu aparelho contra roubo, furto, quebra e imersão em água

Gostou das dicas de tela de bloqueio? Cadastre-se e receba nossa newsletter.

queda do dólar
vale a pena comprar celular muito barato
viajar para a China
viajar para a Tailândia
juros cobrados no cartão de crédito
como lidar com a avareza