Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Seguro urbano pode proteger óculos e maquiagem

A- A+

O cenário de violência e insegurança nas cidades grandes e médias é cada vez maior. De acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, o aumento da incidência de furtos em 2014 na maior cidade do País foi de 26,5% em comparação com o ano anterior. A situação em outras cidades, proporcionalmente, não é muito diferente.

Diante de índices altos de criminalidade, uma nova modalidade de seguro tem chamado a atenção de pedestres e transeuntes que querem proteger bens como óculos, carteiras, celulares e outros itens. É o chamado seguro Bolsa Protegida.

Nesse tipo de seguro urbano, o segurado protege bolsas, maletas, pastas e mochilas em caso de roubo ou furto qualificado. Dessa forma, itens como óculos de sol ou de grau, chaves, carteira, celulares, tocador de música, perfumes e maquiagem são reembolsados ao segurado.

Seguro indeniza roubo de óculos e outros itens

Conhecido também como Bolsa / Pasta Protegida, esse seguro urbano é um segmento para bens de menor valor. Ele garante ao segurado uma rápida indenização em caso de roubo ou furto qualificado de bolsa ou pasta.

O seguro tem carência de 30 dias e o segurado pode acioná-lo duas vezes por ano. Os custos do seguro são baixos. Com uma média de R$ 5 mensais, você já pode contratar um seguro que cobre até R$ 1 mil pelos pertences levados.

Óculos

Seguro para bolsas e mochilas é chama a atenção em ruas com alta criminalidade. Foto: Shutterstock

Como acionar o seguro

Para acionar o seguro, o segurado precisa ter registrado um boletim de ocorrência citando os itens que estavam dentro da bolsas ou mochila roubada. A instituição que oferece o seguro ainda exige solicitação de indenização com descrição de data e local do roubo, bens e valores roubados, além de cópia de identidade, CPF e comprovante de residência do segurado.

A comunicação do roubo deve ser feita em até 96 horas. A reposição de óculos, carteiras, calculadoras é rápida e o objetivo do seguro é evitar dores da cabeça do segurado.

Em alguns contratos, o serviço oferece custo de reposição de documentos como carteira de habilitação do titular, registro e licenciamento do veículo do titular, passaporte ou documento nacional de identificação do titular. No caso de perda das chaves, o seguro cobre novas cópias das mesmas.

Joias?

O segurado, no entanto, precisa estar atento. Esse tipo de seguro não cobre joias, relógios, peles, títulos, apólices, cheques ou dinheiro que estavam dentro das bolsas, pastas ou mochilas. Objetos de valor pessoal, mas sem valor comercial, também não entram na cobertura.

Proteção nas ruas

A Vivo oferece o Seguro Proteção Urbana, que garante, desde que pago o prêmio, uma indenização ao segurado em caso de roubo ou furto qualificado de sua bolsa ou pasta. Saiba mais:

> Seguros para seus bens: Proteção da sua bolsa ou mochila
meu marido morreu tenho direito a pensão
quanto custa um seguro de casa
Comprar casas em Orlando é opção
Como é morar no campo
Trabalhando na reforma de casas antigas
Como escolher corretora para Tesouro Direto