Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Seguro da bolsa pode evitar dor de cabeça com assalto

A- A+

Você já imaginou ter um plano que proteja sua bolsa ou mochila? Andar nas ruas hoje requer muito mais atenção em relação há alguns anos. Bolsas e mochilas são alvos fáceis e, mais do que dinheiro, carregam documentos, cartões e outras coisas importantes para o dia a dia. Fazer um seguro para bolsa pode ser um importante investimento, principalmente para a segurança das mulheres.

O prejuízo em caso de roubo ou furto de uma bolsa pode ser muito grande e o tempo para retomar tudo o que foi perdido requer muita paciência. Só em São Paulo, em 2014, o crescimento de roubo do bolsas foi de 17% em relação ao ano anterior, de acordo com a Polícia Militar. Em períodos de festas, como o Natal, os roubos e furtos são ainda maiores.

Saiba como funciona o seguro da bolsa

A mensalidade do seguro da bolsa é considerado baixo por especialistas: cerca de R$ 10 por mês podem garantir proteção de até R$ 1 mil em relação ao que foi levado no roubo ou furto da bolsa. Celular, chaves e óculos estão entre os principais itens segurados nesse tipo de caso. Há empresas que também cobrem tênis e cosméticos levados.

Ter um seguro da bolsa pode evitar problemas futuros. Foto: Shutterstock.com

Ter um seguro da bolsa pode evitar problemas futuros. Foto: Shutterstock.com

Quem sofrer um roubo ou furto e precisar acionar o seguro deve fazer um boletim de ocorrência e, então, acionar a seguradora. A maioria das empresas que fazem seguro da bolsa exige que o tempo entre o furto ou roubo e o acionamento do plano seja feito em, no máximo, 96 horas.

Como funciona a contratação do seguro da bolsa

Muitas empresas que fazem o seguro da bolsa aceitam a contratação por telefone quando a pessoa já possui algum outro tipo de serviço já contratado. Novos seguros da bolsa podem ser feitos com documento de identidade, CPF e comprovante de residência. É importante ficar atento se a cobertura do seguro oferecido está de acordo com o que você leva na bolsa. Algumas empresas oferecem cobertura de apenas R$ 500, outras chegam até R$ 1 mil.

O custo mensal do investimento no seguro da bolsa no país varia entre R$ 3,99 e R$ 10. O tipo de bolsa também deve estar presente no contrato, principalmente se a pessoa usa diferentes modelos no dia a dia. Considere planos que cobrem bolsa, mochila, pochete, pasta e maleta, por exemplo.

Carência também faz parte da cobertura do seguro para proteção da bolsa. Algumas empresas costumam ter carência de 30 dias no plano.

Seguro para seus bens

Clientes Vivo podem contratar o Vivo Seguros para seus Bens, que garante uma indenização em caso de roubo ou furto qualificado de sua bolsa ou pasta. A cobertura garante ainda os bens que estavam dentro da bolsa e foram levados.

> Seguros para seus bens: Proteção da sua casa até sua bolsa, mochila e carteira

Gostou das dicas para seguro de bolsa? Compartilhe!

meu marido morreu tenho direito a pensão
quanto custa um seguro de vida
quanto custa um seguro de casa
como escolher uma seguradora de veiculos
economizar no seguro da casa
economizar no seguro do carro