Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Segurança além do capacete para bike: tecnologia detecta aproximação de carros

A- A+

O uso de bicicletas como meio de transporte tem virado assunto constante na mídia, principalmente depois que a prefeitura de São Paulo inaugurou uma ciclofaixa em uma das vias mais famosas e de maior circulação do País: a Avenida Paulista.

São Paulo, no entanto, não está sozinha e outras cidades têm aderido às ciclovias: Fortaleza, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Curitiba e Brasília estão entre algumas das capitais que têm incentivado o uso das magrelas como alternativa de transporte.

De acordo com dados da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), cerca de 50% dos ciclistas circulando nas ruas do País fazem uso de bikes como meio de transporte.

seudinheiro-capacete-para-bike

Equipamentos disponíveis no mercado tornam a prática de andar de bicicleta mais segura. Foto: iStock, Getty Images

Diante desse número, as preocupações com segurança crescem e vão além do capacete para bike. O número de acidentes envolvendo bicicletas em São Paulo, por exemplo, resultou em 47 mortes em 2014, contra 35 registradas em 2013. Os números são do Relatório de Acidentes Fatais da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). O relatório aponta ainda que a maior parte das mortes de ciclistas são causadas por colisões com carros ou ônibus.

Capacete para bike: nova tecnologia

Além do capacete para bike e de outros acessórios, os ciclistas ganharão um novo aliado de proteção: uma linha de dispositivos inteligentes de ciclismo lançada pela Garmin, empresa especializada na produção de recursos tecnológicos para veículos

A publicidade da linha chamada “Varia” destaca que, mesmo o ciclista usando capacete para bike e outros equipamentos de segurança, ele deve estar atento ainda para os motoristas que estão ao seu redor. Ela aponta também que a maior ameaça ao usuário das magrelas é aquilo que vem por trás e ele não enxerga.

A linha é composta de dois produtos: radar e farol inteligentes que indicam ao ciclista a aproximação de veículos. O radar é um dispositivo que emite um aviso quando um veículo está se aproximando por trás. O aparelho escaneia até 140 metros ao redor do ciclista através de um sistema de rastreamento.

Você vai se interessar por:
Aderiu ao “De bike ao trabalho”? Veja que cuidados tomar
A pé ou de bicicleta? Veja como ir ao trabalho de forma sustentável

Já o farol traseiro funciona no modo luz constante ou piscante e aumenta a intensidade da luz quando a bicicleta desacelera. O objetivo é alertar quem está vindo atrás.

A estimativa é que os produtos estejam disponíveis para venda ainda em julho. O farol deve custar cerca de R$ 999; o preço do radar gira em torno de R$ 1.299. O uso dos dois aparelhos pode ser independente ou integrado.

Capacete para bike é um dos equipamentos de segurança

Mas não é somente o uso do capacete para bike ou do radar e farol eletrônicos que garante a segurança do ciclista. Vários outros equipamentos disponíveis no mercado tornam a prática de andar de bicicleta mais segura. Buzinas, espelho retrovisor, adesivo refletivo, luvas e óculos são fundamentais para a proteção do ciclista.

O uso desses acessórios, no entanto, é pequeno. A Abraciclo aponta que apenas 1% dos ciclistas utilizam os chamados equipamentos de segurança. O ativista do uso de bikes e um dos criadores do site Escola de Bicicleta, Arturo Alcorta, defende a utilização dos apetrechos. “Alguns acessórios são opcionais e dependem do gosto de quem compra a bike. Mas os equipamentos de segurança são obrigatórios e devem ser utilizados corretamente”.

Compare preços online

A Vivo oferece um serviço de ofertas para você pesquisar e comprar nos maiores sites de e-commerce. Com o Vivo Compras, você pode filtrar os melhores preços e produtos em diversos departamentos, como moda, eletrônico, informática, esporte, brinquedos, lazer, viagens e muito mais.

> Vivo Compras: Encontre os melhores preços para capacete para bike

Este artigo lhe fez lembrar de alguém? Compartilhe!

vale a pena usar roupas de marca
feiras de trocas
Comprar tablet
Mulher entende o que é carnê-leão
Comprar smart tv
micro-ondas ou forno elétrico