Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Se arrependeu? Desinstalar Windows 10 é possível

A- A+

No final de julho, cerca de 14 milhões de pessoas já haviam instalado o novo sistema operacional da Microsoft. Um dia depois, já eram 67 milhões. Se você não se agradou ou algo não funcionou como deveria, a boa notícia é que o processo é reversível, mas com um prazo de validade: deve ser realizado dentro de mês. Confira o passo a passo para desinstalar Windows 10.

É fundamental decidir pela desinstalação do sistema operacional dentro do prazo.

Alguns programas antigos precisam ser reconfigurados após a desinstalação. Foto: iStock, Getty Images

Como desinstalar Windows 10 em 4 passos

1. Backup de seus dados

Primeiramente, antes de desinstalar Windows 10, é preciso separar algum tempo para configurar programas e salvar arquivos importantes.

Antes de tudo, é fundamental certificar-se de ter feito backup de todos os seus dados em um HD externo ou ter salvo em algo serviço online, baseado na nuvem, como o Backblaze ou Carbonite, por exemplo.

2. Códigos ou chaves de acesso

Além desse primeiro cuidado, também é importante ter certeza que você possui os códigos de acesso do seu Windows 7 ou 8 em mãos, caso seja necessário. Não deve ser preciso, mas pode ser que eles sejam solicitados.

Caso você tenha a chave de ativação, deve ser possível formatar sua máquina e instalar o antigo sistema novamente. Mas, de acordo com o site de tecnologia Tom’s Hardware, a Microsoft pode invalidar antigos códigos de ativação depois do primeiro mês.

Isso acontece porque, ao baixar o Windows 10, você está também atualizando o seu sistema a partir do antigo. Assim, o código não seria mais válido. Por isso, que é fundamental decidir pela desinstalação do sistema operacional dentro do prazo.

Para encontrar esse código de ativação é fácil. Eles normalmente ficam em um adesivo na parte traseira do PC, ou embaixo da bateria ser for um notebook, ou ainda incluída com os discos de sistema que vieram com a sua máquina.

Como desinstalar windows 10

Menu Iniciar está de volta no novo Windows 10. Foto: Divulgação, Microsoft

3. Desinstalação

Depois desses passos de organização, é a hora de iniciar a desinstalação propriamente dita. Primeiro, abra o menu Iniciar, selecione a aba Configurações (Settings, em inglês). Depois clique em Atualização & Segurança (Update & Security) e Recuperação (Recovery). Em seguida, o Windows 10 estará desinstalado.

Caso não apareça disponível para você o downgrade, deve haver uma opção que esteja escrito Voltar para o Windows 8.1 (Go back to Windows 8.1) ou Voltar para o Windows 7 (Go Back to Windows 7). Ao ver isso, clique em Iniciar (Get Started) e siga as instruções.

4. Reconfiguração e reinstalação

Por fim, após desinstalar Windows 10 e voltar para uma versão anterior, é preciso ajustar o sistema para as suas configurações novamente. Talvez alguns programas antigos precisem ser reinstalados e reconfigurados. Caso você tenha dificuldade com essa parte e se sinta mais seguro, busque ajuda especializada.

Você vai se interessar por:

Aproveite o Dia da Informática para dar destino correto ao lixo eletrônico

Conheça 5 inovações de informática previstas para 2015

Descubra as vantagens de contratar suporte para computador

Assistência 24 horas

Não quer ter problemas com questões relacionadas ao universo digital, conte com o Suporte à Informática. Com ele, você sempre terá um especialista técnico disponível pelo telefone e acesso on-line 24 horas por dia para solucionar problemas, instalar e configurar equipamentos, orientar no uso de programas e muito mais.

> Suporte informática: Resolva problemas de seu computador

Este artigo sobre desinstalar Windows 10 lhe fez lembrar de alguém? Compartilhe!

memória ou processador
comprar um notebook barato
EliteBook 1030
Mulher realiza limpeza no computador
Uso doméstico de impressora
Homem usa o Surface Book