Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Saiba se jantar fora é mais econômico que pedir comida em casa

A- A+

Você não sabe cozinhar, não gosta ou não tem tempo? Para qualquer uma dessas situações, a solução pode ser jantar fora ou solicitar as refeições para entrega em casa – a menos que cogite fazer greve de fome ou filar a comida do vizinho diariamente. Mas qual das opções é menos nociva ao bolso?

Jantar fora

Se a opção gastronômica for por uma pizza, comer em casa pode sair mais em conta. Foto: iStock, Getty Images

Jantar fora ou pedir comida?

A resposta sobre a alternativa mais econômica vai depender muito de alguns fatores: o tipo de comida, o horário, se você está sozinho ou acompanhado.

Suponhamos que você pretende sair para jantar com mais uma pessoa. Naturalmente, sairá mais barato solicitar uma pizza. Se fossem a um restaurante, o valor das bebidas e mais o valor individual de cada jantar já sairia bem mais caro.

Entre os brasileiros, apesar da situação econômica não ser a mais positiva no país, o hábito de comer fora se mostra mais presente. É o que indica uma pesquisa realizada pelo Sebrae. O estudo revelou que 60% das refeições ainda são realizadas em restaurantes. Por outro lado, apenas 7% dos brasileiros pedem comida em casa.

Use a tecnologia a seu favor

Se você souber usar minimamente as tecnologias que tem à sua disposição, já pode conseguir valores reduzidos. As redes sociais, por exemplo, são canais de promoção constante de restaurantes. Alguns deles oferecem descontos em dias específicos da semana, outros fazem pacotes para grupos. É preciso buscar informação.

Há também os chamados aplicativos de reservas, que indicam o local com desconto mais próximo de sua localização. Um exemplo é o Grubster, que permite fazer uma reserva com até meia hora de antecedência e, ainda assim, garantir 30% de desconto.

Mas se você prefere fazer uma refeição no conforto do seu lar, a forma de buscar um preço melhor é procurando cupons de desconto do estabelecimento. Há sites especializados nisso, como o Vivo Descontos, o que pode lhe poupar bastante tempo de busca.

Outro sistema mais barato é solicitar o delivery de empresas especializadas em marmitas. Via de regra, são empresas menores, que oferecem comida caseira por um valor bem mais acessível que o restaurante. Para poupar com taxas de entrega, o ideal é solicitar um serviço mais próximo à sua localização.

Você vai se interessar por:

Dicas de economia para jantar fora ou em casa

Bebidas

Para quem gosta de jantar fora, ou mesmo para os adeptos do delivery, as bebidas podem encarecer a refeição. Uma dica, se você pedir entrega, é comprar as bebidas antes. O preço no supermercado é muito melhor.

Se você for ao restaurante, a receita é não exagerar. Escolha uma bebida para acompanhar a refeição, mas não precisa pedir uma cerveja com valor três vezes maior que você costuma pagar.

Porções

Também é interessante perguntar o tamanho das porções para os pratos à la carte. Muitas vezes, só a entrada já é uma refeição completa. O problema é quando você já pediu o prato principal e até a sobremesa. Além do gasto, o desperdício pode ser grande.

 

E você? Prefere jantar fora ou pedir comida em casa? Comente!

melhores universidades do brasil
quando vale a pena ter cartão de credito
como cancelar pedido feito no cartão de crédito
reembolso no cartão de credito
formas de pagamento para fazer compras pela internet
como entender a fatura do cartão de crédito