Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Saiba quanto custa para ter um aquário

A- A+

Você gosta da ideia de ter um animalzinho de estimação, mas trabalha o dia todo e dispõe de pouco tempo para cuidá-lo? Um aquário pode ser a solução. Muitas pessoas gostam da ideia de trazer um pouco da vida marinha para sua casa, mas ficam em dúvida em relação a preços.

Cada vez mais os brasileiros aderem à onda pet. Conforme o Instituto Pet Brasil, o faturamento mundial do setor em 2014 foi de R$ 98 bilhões, sendo que o Brasil ficou em segundo lugar no ranking, faturando em torno de R$ 20 bilhões (equivalente a 8% do total).

Montagem x manutenção do aquário

Sem sombra de dúvida, o custo inicial relativo à montagem do aquário é o maior de todos. É difícil estabelecer valores, uma vez que há recipientes de vários tamanhos e, claro, o tamanho é proporcional ao gasto. A manutenção costuma ser barata. A diferença pode aparecer na conta de luz, devido à iluminação necessária para alguns peixes.

aquario

Escolher o modelo de aquário pode ser difícil com variedade no mercado. Foto: iStock, by Getty Images

A grande diferença monetária está no tipo de aquário, que pode ser tropical (com peixes de água doce, mais em conta) ou marinho, que se torna mais caro devido à sua montagem e manutenção, pois desde os peixes, a decoração e até mesmo o tratamento da água custam mais.

Um aquário para cada tipo de bolso

Se o seu sonho é ter um pet, um aquário pode ter o custo semelhante ao de um cachorro, com a diferença de que você não precisa levar para passear e não tem consultas no médico veterinário. Um recipiente pequeno, de 18 litros, e já completo (com filtro e luminária) pode ser encontrado na média de R$ 250,00. Esse seria para o modelo tropical.

Os peixes tropicais têm preços variados, mas geralmente são mais baratos. Os campeões de preço podem custar menos de R$ 1, mas podem passar de R$ 500. Já os peixes marinhos costumam ser caros, pois são mais difíceis de serem capturados e transportados, e o custo da logística influencia o preço final.

Uma bomba aeradora, que ajuda a manter a qualidade da água, custa, em média, R$ 110. Caso você viaje com frequência, a alimentação dos peixes também não será problema. Um alimentador automático, que controla a quantidade de comida, custa em torno de R$ 95.

Quanto à conta de luz, o custo pode ser reduzido se você deixar a luminária acesa apenas por um período. Quanto ao aquecimento da água, há termostatos de baixa potência, que apenas mantêm uma temperatura amena, e sem gastar muito.

Nos custos de manutenção, também devem ser incluídos os produtos para controle do PH da água e comida. No caso do aquário tropical, esse custo é bem baixo, enquanto o modelo marinho exige um tratamento mais rigoroso na água, elevando os valores.

 

As dicas sobre custos de se manter um aquário fizeram você se lembrar de alguém? Compartilhe!

vale a pena usar roupas de marca
feiras de trocas
relógio ou celular
esteira ou bicicleta ergométrica
vale a pena comprar celular muito barato
dicas para comprar uma boa esteira