Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Saiba quanto custa faculdade de Biomedicina para investir no seu sonho

A- A+

O curso de Biomedicina é relativamente recente, mas em franca expansão. Se, em 2000, apenas seis universidades ofereciam a graduação, hoje mais de 200 são reconhecidas pelo Ministério da Educação. Ainda assim, muitas pessoas não têm ideia de quanto custa faculdade de Biomedicina e o que é, propriamente, que se aprende durante os anos de curso. Mas é importante conhecer antes de optar.

Homem sabe quanto custa faculdade de Biomedicina

Curso tem inúmeras opções de atuação, de laboratórios até indústria de alimentos. Foto: iStock, Getty Images

Quanto custa faculdade de Biomedicina

Como qualquer curso, o do investimento em Biomedicina varia bastante. Uma comparação entre instituições de áreas diferentes do país ajuda a entender.

Na Universidade Estácio de Sá, no Rio de Janeiro, é possível frequentar essa graduação pagando uma mensalidade de R$ 780,00. Já na Universidade Feevale, na região metropolitana de Porto Alegre, o custo mensal sobre para R$ 2.329,15, contando todos os créditos necessários.

Na conta final, o custo total do curso de Biomedicina na instituição gaúcha ficaria em R$ 111.799,38, considerando os valores atuais.

O curso de Biomedicina

Agora que já consegue estimar quanto custa faculdade de Biomedicina, vale saber mais sobre essa graduação. Trata-se de uma área voltada à pesquisa de doenças humanas, suas causas e os meios de tratá-la.

Assim, esse profissional é bem diferente da imagem que temos do médico tradicional, sempre portando um estetoscópio e atendendo seus clientes o dia todo.

A grade curricular do curso de Biomedicina têm ênfase em disciplinas como fisiologia, bioquímica, informática, administração laboratorial, metodologia científica e inglês. Essas duas últimas são fundamentais para a redação e interpretação de artigos científicos.

O biomédico possui vários campos de atuação, mas geralmente ele está nos laboratórios de análises clínicas e diagnóstico por imagem, em clínicas ou hospitais. Muitos deles também estão em empreendimentos voltados à reprodução humana ou na indústria de medicamentos.

Isso porque a função principal do biomédico é identificar, classificar e estudar os microrganismos causadores de doenças e pesquisar novos medicamentos e vacinas. Por isso, o ponto vital da profissão é fazer exames para diagnosticar doenças e contaminações.

Mas não para por aí: a Biomedicina é, sem dúvida, um curso que oferece múltiplos campos de atuação. Além dos mais tradicionais, há uma parcela dos biomédicos que opta pela carreira acadêmica, tornando-se professores ou pesquisadores de universidades.

Com a crescente oferta de concursos públicos para essa área, há também um significativo ingresso de profissionais em órgãos públicos. Isso sem falar nas indústrias de biotecnologia, dentro da área de análise de alimentos.

Há ainda boas perspectivas nas áreas de citopatologia, toxicologia, hematologia ou clínicas de quimioterapia. Atualmente, está em alta a parte de Biomedicina Estética – em clínicas particulares de tratamento de pele -, além dos concursos para a área de criminalística.

Você vai se interessar por:

Atualização é essencial

Além do investimento no curso universitário, o biomédico é um profissional que precisa de atualização constante – seja por meio de palestras, congressos, cursos ou pós-graduações.

Afinal, essa é uma das áreas de conhecimento onde mais ocorrem inovações. Basta observarmos, pelos noticiários, como as doenças surgem e evoluem rapidamente. Da mesma forma, o lançamento de novos medicamentos é constante.

 

Gostou de saber quanto custa faculdade de Biomedicina e detalhes do curso? Compartilhe o artigo!

como lucrar vendendo cachorro quente
como lucrar vendendo bolo no pote
como abrir uma franquia de alimentos
como abrir uma empresa de coleta de entulho
como se relacionar com as pessoas no ambiente de trabalho
como aumentar a produtividade