Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Saiba quando e como recorrer à antecipação de malha fina

A- A+

Se você se deparar com alguma pendência na sua Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física (DIRPF), é possível agilizar o processo de correção, solicitando a antecipação de malha fina. O procedimento é indicado para aqueles que desejam se adiantar a um chamado do Fisco, regularizando sua situação.

Todos os anos, um número considerável de contribuintes tem a declaração retida. Conforme a Receita Federal, no ano de 2014, foram contabilizadas 937.939 declarações que caíram na chamada malha fina – com relação ao ano-exercício de 2013.

Entre as principais causas, estavam a omissão de rendimentos, informações incompletas sobre despesas médicas, ausência de dedução do IR retido na fonte, diferença entre a quantidade de dependentes e o valor retido na fonte.

É possível agilizar o processo com a antecipação de malha fina.

De forma online, contribuinte pode se antecipar à fiscalização da Receita Federal. Foto: iStock, Getty Images

Antecipação de malha fina: como fazer

Se você perceber qualquer tipo de problema com a sua declaração, tem a opção de aguardar uma intimação ou notificação da Receita Federal ou solicitar a antecipação de malha fina. O pedido pode ser efetivado por meio do portal e-CAC.

Entretanto, só é possível fazer esse pedido para os últimos três exercícios. Se você deseja corrigir dados referentes ao ano-exercício corrente, isso só pode ser feito a partir de janeiro do ano seguinte.

Passo a passo da antecipação de malha fina

– Acesse o extrato do IRPF no portal e-CAC

– Para isso, gere antes uma senha de acesso

– Depois, clique em Declaração de DIRPF

– Selecione o exercício, depois a aba Pendência e, finalmente, clique no título Serviços

– Selecione a opção para iniciar agendamento

– Escolha a data e horário do agendamento

– Preencha o requerimento.

Após o agendamento, você deve comparecer na data e horário marcado em uma unidade da Receita Federal.

É importante levar o comprovante de agendamento, os termos de intimação e de atendimento (ambos assinados em duas vias), os originais e as cópias dos documentos apontados no termo de intimação, e as provas (originais e cópias) de que você fez a declaração de forma consistente.

A antecipação de malha fina é indicada para aqueles contribuintes que não conseguiram encontrar as inconsistências apontadas pelo Fisco. Nesse caso, não é preciso enviar uma declaração retificadora. Contudo, quando há dados em discordância, aí sim, é preciso utilizar o programa do IR para fazer a retificação.

É importante que todos os dados sejam revisados antes de solicitar as correções. Caso o Fisco julgue improcedentes os seus comprovantes, é cobrada uma multa de 75% sobre o imposto devido, acrescida de juros.

Você vai se interessar por:

Caiu na malha fina? Veja como regularizar sua situação com a Receita

No Dia do Contador, confira 3 dicas sobre o Simples Nacional

Fiscalização da Receita Federal avisa por carta sobre erros no Imposto de Renda

Seu nome, seu patrimônio

Se você gosta de se prevenir contra pendências, que tal proteger seu nome ao monitorar aquele que é seu principal documento. Para isso, você precisa conhecer o Vivo Alerta CPF.

Entre as suas funções do serviço, está o envio de um SMS ao cliente toda vez que ocorrer uma alteração no status do seu nome nas bases de dados da Serasa Experian, toda vez que uma empresa consultar o nome do cliente nessa base de dados e ainda quando o seu nome estiver prestes a ser negativado.

Além disso, o cliente recebe exclusivas dicas antifraude e pode visualizar o relatório completo sobre o seu CPF.

> Vivo Alerta CPF: Receba alertas via SMS sempre que houver consultas a seu CPF

Gostou das dicas sobre antecipação de malha fina? Compartilhe!

sair da casa dos pais
vale a pena economizar
vale a pena pegar empréstimo
emprestimo urgente para negativado
erros financeiros comuns
como aprender com erros de finanças