Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Saiba quais são os principais itens de série em veículos nacionais

A- A+

Ao comprar um veículo zero, é possível encontrar um mesmo modelo de carro com preços diferentes. Além de características específicas de uma versão e outra, a variação também está diretamente ligada aos itens de série que acompanham o automóvel.

Conforme explica o gerente de marketing da WebMotors, Rafael Constantinou, o mercado brasileiro passa por um momento de transformação em que os adicionais passam a ser valorizados pelo conforto que oferecem no dia a dia. Ou seja, consumidor está disposto a pagar um pouco a mais e contar com um modelo equipado.

Principais itens de série do mercado

Hoje o mercado oferece ao comprador uma variedade cada vez maior de adicionais para escolher no momento da compra. Itens como ar-condicionado, direção hidráulica e vidros e travas elétricas, até pouco tempo considerados de luxo, agora fazem parte das exigências do consumidor.

Um dos motivos é a facilidade no pagamento. A maioria desses itens adiciona um valor que fica na faixa dos R$1.500 ao total a ser pago, lembra Constantinou. Quando diluído nas parcelas, o preço não costuma pesar tanto no bolso.

Mas tudo depende, é claro, dos equipamentos escolhidos. Os sistemas que oferecem som com funções integradas ao smartphone, por exemplo, podem custar mais de R$10 mil. A dica é avaliar quais são as suas necessidades ao dirigir na cidade e mesmo ao viajar.

itens-de-serie

As centrais multimídia estão entre os itens de série que mais encarecem a compra de um carro. Foto: iStock, Getty Images

Itens de série: airbag e freio ABS são obrigatórios

Para quem comprou um carro novo desde o início do ano passado, dois itens de série já não são mais uma opção, e sim obrigatoriedade: o freio ABS e o airbag. Responsáveis por oferecer mais segurança ao condutor e aos passageiros, todos os automóveis produzidos no país já devem sair de fábrica com eles inclusos.

No primeiro caso, o objetivo é evitar que a roda bloqueie nas situações em que o freio é acionado de maneira brusca, o que pode deixar o carro sem estabilidade e aderência. Já o airbag é acionado quando o sistema detecta uma situação de frenagem brusca, que pode gerar impacto intenso ou até mesmo uma colisão. Em questão de segundos, as bolsas se abrem, inflam e logo murcham, para evitar o sufocamento.

“Antigamente, o sistema de airbag, encarecia muito os veículos, mas a partir da obrigatoriedade e produção em grande escala, o custo diluiu, tornando-se mais viável ao comprador”, pontua o diretor da Bráulio Veículos e Consultoria, Bráulio Brum Neto.

Assistência em emergências

Escolheu os melhores adicionais para o seu carro? Também não esqueça de garantir mais praticidade para os momentos em que surgem os imprevistos. Com o Vivo Assistência Casa e Auto, você conta com serviços de eletricista e encanador para sua casa, socorro mecânico para seu automóvel e chaveiro para os dois, sempre que precisar, por apenas R$ 5,90 por mês.

> Vivo Assistência Casa e Auto: Garanta socorro mecânico em emergências

Gostou das dicas sobre itens de série? Compartilhe!

como calcular a reforma de um apartamento
quanto custa um seguro de casa
como escolher uma seguradora de veiculos
preço de imoveis começa a cair
economizar no seguro da casa
economizar no seguro do carro