Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Saiba quais são as tarifas do cartão de crédito que podem ser cobradas

A- A+

Somente em 2014, foram mais de 4 trilhões de transações realizadas com cartões de crédito em todo o País, acumulando um total de mais de R$ 610 bilhões de volume financeiro gerados pelas operações. Os dados são da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs).

O plástico é preferido do brasileiro porque oferece uma série de vantagens: crédito na hora sem dificuldade, facilidade de parcelamento sem juros, participação em programas de recompensas etc. Mas, além dos juros altos, o consumidor ainda precisa lidar com as tarifas do cartão.

No final das contas, as tarifas do cartão podem pesar no bolso do usuário que não tomar cuidado.

É mais comum as administradoras de cartões oferecerem descontos. Foto: iStock, by Getty Images

Tipos de tarifas do cartão

O Banco Central determina que as administradoras podem cobrar cinco diferentes tarifas do cartão: anuidade, emissão de 2ª via do cartão, uso no saque em espécie em caixas eletrônicos, pelo uso para pagamento de contas e no pedido de avaliação emergencial do limite de crédito.

A anuidade é a mais conhecida das tarifas do cartão de crédito e é o valor cobrado pela disponibilização ao cliente da rede de estabelecimentos afiliados para pagamentos de bens e serviços.

Ela é cobrada apenas uma vez por ano e seu pagamento pode ser parcelado. Quanto mais benefícios o cartão oferecer (compras internacionais, maior limite de crédito, participação em programas de milhas etc), maior a anuidade.

Mas, atualmente, é cada vez mais comum as administradoras de cartões oferecerem descontos e até isenção da anuidade em alguns casos. Cabe ao consumidor pesquisar e ir atrás dos descontos.

Outras tarifas do cartão

A tarifa de cobrança de emissão de 2ª via é feita para a confecção e emissão de um novo cartão com função crédito em virtude de roubo, furto e danos no plástico. Caso a 2ª via seja realizada por iniciativa da administradora, não pode ser cobrada tarifa.

O consumidor paga para a realização de saques com o cartão em caixas eletrônicas. O valor sacado é cobrado na fatura do mês seguinte do cartão e os serviços de crédito funcionam mediante pagamento das taxas de juros. O consumidor ainda arca com o Imposto Sobre Operações Financeiras (IOF).

Outra tarifa é o pagamento de contas via cartão de crédito. Água, luz, telefone, tributos, boletos de cobrança etc. podem ser pagos por meio do plástico, mas o consumidor paga uma tarifa pelas transações entre a administradora e as instâncias responsáveis pelas contas.

A última tarifa é a referente à avaliação emergencial de limite de crédito. Ela acontece quando o usuário do cartão pede à administradora concessão de crédito a mais em caráter emergencial.

Todas as tarifas do cartão são cobradas na própria fatura do plástico. E o consumidor precisa ficar atento porque as variações de tarifas entre administradoras e bancos podem chegar a até 90%, segundo pesquisa do Idecs.

As administradoras têm permissão ainda para cobrar outras tarifas diferenciadas decorrentes de serviços extras: envio de mensagem automática quando o cartão é utilizado; fornecimento de cartão em formato personalizado; e 2a via emergencial do cartão.

Vivo Conta Bônus

A Vivo oferece uma vantagem aos seus clientes. No caso de pagamento de anuidade do cartão de crédito, o valor é revertido em bônus para os celulares Vivo Pré, Pós ou Controle.

> Conta Bônus: Transforme tarifas bancárias e anuidade do cartão em bônus para o celular

Gostou das dicas de tarifas do cartão? Cadastre-se e receba nossa newsletter.

como lucrar vendendo cachorro quente
como lucrar vendendo bolo no pote
como abrir uma franquia de alimentos
como abrir uma empresa de coleta de entulho
como se relacionar com as pessoas no ambiente de trabalho
como aumentar a produtividade