Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Saiba o que pode ser deduzido do Imposto de Renda 2016

A- A+

Pronto para acertas as contas com o Leão? As declarações referentes aos rendimentos obtidos em 2015 devem ser entregues à Receita Federal a partir de amanhã, dia 1º de março. Mas você sabe o que pode ser deduzido do Imposto de Renda para gerar algum abatimento sobre os valores pagos?

É importante entender o processo e se preparar antes para não perder os prazos. A Receita Federal estima receber 28,5 milhões de declarações do Imposto de Renda até o dia 29 de abril.

Mulher calcula o que pode ser deduzido do Imposto de Renda

Preenchimento correto da declaração pode atenuar despesas do contribuinte. Foto: iStock, Getty Images

O que pode ser deduzido do Imposto de Renda

As deduções tem como objetivo reduzir a base de cálculo do IR, diminuindo o valor a ser pago ou aumentando as chances de restituição. Confira a seguir o que pode ser deduzido do Imposto de Renda e quais são os limites de abatimento para cada tipo de despesa.

Saúde, pensão alimentícia e INSS

Podem ser abatidas integralmente da renda bruta as despesas médicas, com pensão alimentícia judicial e com a contribuição ao INSS, não havendo limite para abatimento.

Dependentes

Entre o que pode ser deduzido do Imposto de Renda, estão despesas com dependentes, nas quais o limite de abatimento é de R$ 2.275,08 por pessoa.

Educação

O valor é limitado à R$ 3.561,50 por contribuinte ou dependentes. Entre as despesas permitidas estão creche, educação infantil, ensino fundamental, ensino médio, curso superior, cursos de especialização e profissionalizantes.

Previdência Privada

As despesas com planos PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre) e Fapi (Fundo de Aposentadoria Programada Individual) estão limitadas a 12% da renda bruta tributável. Para serem deduzidas, é necessário que o contribuinte recolha INSS.

Aposentadorias

Os aposentados com mais de 65 anos de idade estão isentos da parcela adicional de até R$ 1.787,77 por mês dos rendimentos de aposentadoria e pensão, a partir do mês em que completaram 65 anos.

Livro-caixa

Profissionais autônomos podem deduzir as despesas necessárias para o exercício da profissão, desde que estejam escrituradas no livro-caixa.

Contribuição à Previdência Social do empregado doméstico

O empregador que tem doméstico registrado pode deduzir os valores pagos a título de Contribuição Patronal à Previdência Social do empregado. O valor é limitado a R$ 1.182,20, incluindo 13º salário e férias. Ele corresponde à contribuição de 12% paga pelo empregador ao INSS.

Você vai se interessar por:

Quem deve fazer a declaração

Os contribuintes que devem declarar o Imposto de Renda em 2016 são aqueles que tiveram renda tributável (salários, aposentadorias, aluguéis, etc) acima de R$ 28.123,91 em 2015.

Contribuintes que receberam em 2015 valor inferior a esse, mas tiveram retenção na fonte ou pagaram o carnê-leão (autônomos), terão que fazer a declaração para receber de volta o que pagaram a mais, se for o caso.

A declaração deve ser entregue via internet, por meio do programa IRPF 2016, que já pode ser baixado em qualquer computador pelo site da Receita Federal.

Agora que você já sabe o que pode ser deduzido do Imposto de Renda, não perca os prazos. A declaração deve ser feita até dia 29 de abril. Para quem atrasar a entrega, é cobrada uma multa mínima de R$ 165,74, ou 1% sobre o imposto devido. A multa máxima chega a 20%.

 

Este artigo sobre deduções no IR foi útil para você? Compartilhe!

sair da casa dos pais
vale a pena economizar
vale a pena pegar empréstimo
emprestimo urgente para negativado
erros financeiros comuns
como aprender com erros de finanças