Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Saiba o que fazer para ter isenção de tarifa bancária

A- A+

Aluguel, condomínio, energia elétrica, água, compras do supermercado, telefone celular e internet. Essas são apenas algumas das muitas despesas mensais que afligem o bolso do trabalhador. Muita gente esquece de colocar nessa lista também as tarifas bancárias.

Taxas de manutenção de conta corrente, anuidades de cartões de crédito, valores de TED e DOC. Essas são algumas das tarifas que vão se acumulando e muita gente nem mesmo se dá conta de que paga por esses serviços.

Mas existem algumas formas driblá-las e obter isenção das tarifas bancárias.

Como obter isenção de tarifa bancária

A forma mais fácil de conseguir isenção de tarifa bancária é se limitando a usar o pacote de serviços gratuitos oferecidos pelos bancos de acordo com determinação do Banco Central.

seudinheiro-isencao-de-tarifa-bancaria

Uma alternativa é buscar uma fidelização maior com o banco. Foto: iStock, by Getty Images

Esse pacote gratuito garante ao correntista quatro saques mensais; fornecimento de dois extratos; duas transferências entre contas da própria instituição; consulta ilimitada via internet; e fornecimento de cartão inicial com função débito.

A isenção de tarifa bancária em caso do pacote de serviços essenciais é valida tanto para conta corrente quanto conta poupança (o pacote possui apenas uma diferença: um número menor de saques, apenas dois).

Você vai se interessar por:
Compare tarifas antes de escolher um banco
Saiba o que fazer quando acaba a conta universitária
Comparar tarifas bancárias ajuda a economizar

Mas, mesmo quem ultrapassa essa limitação de serviços também pode conseguir isenção das tarifas bancárias. Uma alternativa é buscar uma fidelização maior com o banco, concentrando suas operações em apenas uma instituição.

Alguns bancos, por exemplo, oferecem isenção de tarifa bancária para quem transfere o salário para a instituição. Nesse caso, o banco permite uma quantidade maior de operações sem nenhum tipo de cobrança, incluindo transferência via DOC ou TED.

Levar seus investimentos ao banco também é outra forma de obter serviços livres de tarifas. Quanto maior o montante destinado a investimentos, maior a chance do correntista obter descontos ou isenção total das tarifas.

info isenção

Isenção de tarifa bancária: conta salário e conta digital

Manter uma conta-salário é outra forma de obter serviços gratuitamente. Esse tipo de conta tem como objetivo exclusivo o recebimento de salários, sendo suas normas padronizadas pelo próprio Banco Central.

A conta-salário é isenta de tarifas, mas possui várias limitações: só permite cinco saques mensais e movimentação por meio de cartão de débito. O usuário não tem direito a talão de cheque e qualquer outro tipo de operação é tarifada, com exceção da portabilidade da totalidade do salário para outra conta corrente.

Outro tipo de conta que não cobra tarifas é a conta digital. Essa nova modalidade de conta-corrente permite a realização de operações ilimitadas e gratuitas, mas apenas por meios eletrônicos, como terminais de autoatendimento, internet banking e aplicativos de smartphone. Todos os serviços presenciais na agência são cobrados.

Conta Celular: Conta Bônus Vivo

Uma forma diferente de fugir das tarifas são as contas vinculadas a um número de celular. A chamada conta celular não necessariamente garante isenta de tarifação, mas o correntista tem como benefício converter esses gastos em bônus de créditos de celular pré-pago ou mais minutos em caso de conta pós-paga.

> Conta Bônus: Transforme tarifas bancárias e anuidade do cartão em bônus para o celular

Gostou das dicas para isenção de tarifa bancária? Compartilhe!

quando vale a pena comprar título de capitalização
como lucrar vendendo cachorro quente
como lucrar vendendo bolo no pote
como abrir uma franquia de alimentos
como abrir uma empresa de coleta de entulho
como se relacionar com as pessoas no ambiente de trabalho