Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Voo cancelado: saiba como fazer valer os seus direitos

A- A+

Só quem já teve um voo cancelado sabe o transtorno que dá. Dependendo do horário – se for à noite, por exemplo – é pior ainda. É aquele corre-corre à procura de hospedagem e também em busca de informações. Conseguir fazer valer os seus direitos de consumidor nesses casos exige muita disposição, mas a lei está do seu lado.

Leia atentamente os contratos

Sabe aquelas “letrinhas miúdas” do contrato de compra de passagem que quase ninguém lê? Você sempre precisa delas nos piores momentos. Portanto, a primeira dica é ler atentamente todas as instruções para se prevenir de eventuais problemas. Veja a seguir que atitudes você deve tomar para se proteger nesses casos.

A obrigação da companhia aérea é acomodar o passageiro no próximo voo.

Passageiro deve ser realocado em outro voo, ou outra companhia ou ir para hotel. Foto: iStock, Getty Images

Como recorrer em caso de voo cancelado

Há uma série de situações e fatores que influenciam na no atendimento da companhia aérea quando há problemas nos voos. O gerente da agência de viagens Total Travel, Rogério Rocha, dá seis dicas sobre o que fazer em caso de voo cancelado. Confira:

1. Busque informações

O primeiro passo é ir até o guichê da companhia aérea para saber a real posição dela. Em outras palavras, os atendentes precisam esclarecer os motivos do cancelamento, quantas horas de atraso e se haverá necessidade de pernoite em hotel (no caso dos voos noturnos).

2. Recorra ao seu agente

Se você comprou a passagem por intermédio de uma agência de turismo, a segunda etapa é ligar para seu agente de viagens e informá-lo sobre a ocorrência. Essa atitude é importante, principalmente em voos internacionais, pois o agente deverá ligar para a companhia e obter mais informações sobre a situação do voo.

3. Esteja ciente dos seus direitos

A obrigação da companhia aérea é acomodar o passageiro no próximo voo. Se não for possível, a empresa deverá endossar a passagem para outra companhia que atenda o mesmo destino. Teve o voo cancelado? Esse é um direito seu.

Não havendo disponibilidade em outra companhia aérea e, após uma demora superior a seis horas, a companhia deverá acomodar o passageiro em um hotel.

O cliente poderá exigir reembolso integral do valor da passagem caso nenhuma das opções o atenda. Poderá pedir até mesmo um valor à vista, discutido com a empresa na hora da ocorrência.

Você vai se interessar por:

Entenda os códigos dos voos das empresas aéreas

Conheça os cuidados para não pagar excesso de bagagem

Descubra como agir em caso de bagagem danificada durante o voo

4. Saiba quando buscar auxílio jurídico

Passageiros que perdem compromissos importantes, como reuniões de negócios, podem acionar juridicamente a companhia aérea que o prejudicou, cabendo ao juiz deferir ou não essa ação indenizatória.

5. Previna-se financeiramente

A prevenção é importante em uma viagem. Ter dinheiro vivo ou cartão de crédito para suprir as primeiras necessidades em caso de voo cancelado é interessante. Se precisar, você também pode solicitar que a companhia aérea lhe adiante recursos.

6. Não seja surpreendido

Se você comprar a passagem por intermédio de uma agência, é praxe que lhe passem todas as informações. Se optar por comprar na internet, nos sites oficiais das companhias, você também terá acesso a todas as cláusulas, mas é preciso ler.

Tem uma boa dica sobre voo cancelado? Deixe seu comentário.

queda do dólar
trabalho temporario nos EUA para brasileiros em 2016
viagens econômicas pelo Brasil
viagem econômica para a Disney
como economizar na limpeza
preço do dólar turismo