Vivo
 
por Vivo Seu Dinheiro

Saiba o que é a taxa Selic e qual o seu impacto no bolso

A- A+

Ao ler o jornal ou assistir televisão não é difícil encontrar informações que falam sobre a taxa Selic, também chamada de taxa básica de juros. Mas você sabe o que ela significa? Embora o tema possa parecer distante, somente para quem é especialista em economia, ele tem relação direta com o seu dia a dia.

O que é Selic?

Selic significa Sistema Especial de Liquidação e de Custódia e é um indicador da taxa de juros, divulgado pelo Banco Central a partir de definição governamental. Ela é ajustada a cada 45 dias pelo Comitê de Politica Monetária do Banco Central do Brasil (Copom) e serve como instrumento para medir e controlar a inflação.

Ou seja, a taxa básica de juros é a principal ferramenta do Banco Central para manter a inflação dentro da meta prevista. Ela também é utilizada no mercado como referência para todas as outras taxas de juros. É aí que ela passa a fazer parte da rotina de todos.

Como explica o educador financeiro do Instituto Alcance, Farney Coutinho Moreira, é a partir da Selic que são definidos os juros cobrados pelo seu banco na hora de conceder empréstimos, para a compra de automóveis, na definição da rentabilidade de algumas aplicações financeiras e tantas outras operações de crédito.

“Quando a inflação está muito alta, como ocorre atualmente, o Governo, por intermédio do Banco Central, eleva a taxa de juros para conter o impulso de compra e desestimular o consumo. Isso força a queda da inflação. Por outro lado, sempre que a economia está desaquecida, o Governo reduz a taxa de juros e incentiva o consumo no país”, detalhe Moreira.

Selic

A Selic pode impactar também no seu orçamento. Foto: iStock, Getty Images

Dívida pública e a taxa Selic

Ao mesmo tempo em que auxilia no controle da inflação, a Selic pode representar um problema para o país. A cada ponto percentual de aumento, a dívida pública do país também se torna maior. A explicação está na taxa de juros que é gerada junto ao mercado financeiro.

Com mais dinheiro destinado ao pagamento de juros da dívida, a lógica é que o orçamento disponível para investir em políticas públicas seja menor. No fim de contas, a taxa, que tem ficado próxima aos 13%, está também interligada ao serviços recebidos, a sua qualidade e a porcentagem da sua renda que irá sobrar no fim do mês.

Tarifas em bônus

Principalmente em um período que é de altas taxas de juros, economizar com as tarifas bancárias pode significar mais dinheiro disponível no orçamento. Quer saber como fazer isso? Uma maneira é converter essas taxas em bônus para celular. O programa Conta Bônus, da Vivo, converte integralmente o valor da tarifa em bônus no seu Vivo Móvel Pré, Pós ou Controle. Os benefícios, disponibilizados em até 7 dias úteis após o débito da tarifa, ficam disponíveis por 30 dias a partir da data de concessão.

> Conta Bônus: Transforme tarifas bancárias e anuidade do cartão em bônus para o celular

Gostou das dicas sobre a taxa Selic? Compartilhe!

quando vale a pena comprar título de capitalização
oscilações da Bolsa de Valores
como lucrar vendendo cachorro quente
como lucrar vendendo bolo no pote
valor das tarifas bancárias
como abrir uma franquia de alimentos